26/11/20
 
 
Quase 16% das novas contratações para o SNS são para Medicina Interna

Quase 16% das novas contratações para o SNS são para Medicina Interna

António Pedro Santos Jornal i 05/09/2020 12:30

Apesar de o Executivo não ter especificado quais as unidades para onde quer contratar estes profissionais, explica que, em particular, quer dotar a rede pública nos estabelecimentos mais periféricos.

O Governo vai contratar 950 médicos para o Serviço Nacional de Saúde. No despacho, publicado esta sexta-feira, está especificado que vão abrir 911 vagas para recém-especialistas nas áreas hospitalares e 39 em saúde pública.

Em comunicado, o Ministério da Saúde precisou que das 911 vagas, 151 correspondem a medicina interna, 69 a anestesiologia, 63 a pediatria, 49 a psiquiatria, 47 a cirurgia geral, 43 a ortopedia, 31 a ginecologia/obstetrícia e 30 à pneumologia.

Entre as áreas com menos vagas estão a cardiologia pediátrica com três vagas, cirurgia cardíaca com duas, cirurgia torácica com duas, farmacologia clínica com uma e genética média uma.

De acordo com os dados do Executivo, o concurso representa um aumento 9,6% dos postos de trabalho face ao ano passado.

"A abertura deste concurso vai ao encontro do programa do XXII Governo Constitucional, designadamente, fortalecimento do Serviço Nacional de Saúde e da sua capacidade de resposta às necessidades da população, através da melhoria do acesso e da qualidade, equidade e universalidade dos serviços prestados, do reforço dos recursos humanos do SNS, particularmente, do recrutamento de médicos", lê-se na nota do ministério tutelado por Marta Temido.

Apesar de o Executivo não ter especificado quais as unidades para onde quer contratar estes profissionais, explica que, em particular, quer dotar a rede pública nos estabelecimentos mais periféricos.

Ler Mais


Especiais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×