26/9/20
 
 
Depois de adiado, a vida de José Pinhal chega finalmente ao grande ecrã

Depois de adiado, a vida de José Pinhal chega finalmente ao grande ecrã

DR Hugo Geada 28/08/2020 15:37

O filme sobre a vida do músico português estreia esta sexta no festival de cinema Indie Lisboa.

Tudo começou quando Dinis Leal Machado, realizador de A Vida Dura Muito Pouco, ouviu pela primeira vez Tu És a Que eu Quero (Tu não Prendas o cabelo) enquanto estava a editar filmes com os seus colegas de turma.

O interprete desta canção, José Pinhal, entrou no seu ouvido, despertou a sua curiosidade e nunca mais o abandonou. Quando chegou a casa procurou mais informações sobre este misterioso cantor, mas pouco ou nada encontrou.

Foi este bichinho que lhe despertou a vontade de descobrir mais e fazer um filme sobre a vida do músico português. “Na brincadeira dizíamos que íamos fazer um filme sobre o José Pinhal”, disse ao i Dinis Leal Machado, “Depois de terminar o curso, fiz um gap year e conheci o meu produtor Diogo V. Machado, que também era fã, e fomos nesta aventura de descobrir quem era o José Pinhal”.

A Vida Dura Muito Pouco, nome retirado da faixa de abertura de Volume 2, a segunda de três cassetes de Pinhal, é uma curta metragem, depois de ver a sua estreia adiada devido à pandemia gerada pela covid-19, vai hoje estrear no grande ecrã como parte da programação do festival de cinema Indie Lisboa, às 19h.

Com testemunhos de Luís Severo, Bruno de Seda ou João Sarnadas, este é um filme sobre uma época musical em que os músicos faziam vida em boates e cabarés, mas também sobre a vida de um homem que interpretava a música com uma força sobre humana, e que apenas viria a ser reconhecida e apreciada mais amplamente anos após o seu final trágico.

IndieMusic Este filme está inserido na programação do IndieMusic, secção que procura fazer a ponte entre o cinema e a música.

Além da curta-metragem A Vida Dura Muito Pouco, podemos encontrar nesta secção filmes como Gimme Shelter, um dos mais famosos filme-concerto de sempre, que se foca no trágico concerto dos Rolling Stones, em 1969, no Altamont Free Concert, que acabou com a morte de um fã e com o “verão do amor”, Billie sobre a lenda do jazz norte-americano, Billie Holiday, ou Show Me the Picture: The Story of Jim Marshall, sobre o famoso fotografo Jim Marshall, cuja lente captou momentos icónicos como o último concerto dos The Beatles, os concertos de Johnny Cash na prisão de Folsom ou Jimi Hendrix a queimar a sua guitarra.

Depois de ter sido remarcado devido à pandemia, a 17ª edição do IndieLisboa, que começou no dia 25 de agosto, termina no dia 5 de setembro.

 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×