25/10/20
 
 
Bolsonaro diz que eficácia de máscaras contra a covid-19 "é quase nenhuma"

Bolsonaro diz que eficácia de máscaras contra a covid-19 "é quase nenhuma"

AFP Jornal i 20/08/2020 15:15

Bolsonaro negou a eficácia da máscara por duas vezes e sem apresentar qualquer evidência do que estava a dizer.

Jair Bolsonaro continua a fazer comentários polémicos relacionados com o novo coronavírus. Desta vez, o presidente do Brasil afirmou que a eficácia da máscara é “quase nenhuma” contra a covid-19.

A declaração polémica foi feita esta quarta-feira, quando vários apoiantes esperavam o chefe de Estado brasileiro, na sua residência oficial, depois de este sofrer uma derrota no Congresso. Bolsonaro viu os seus vetos ao uso obrigatório de máscara enquanto durar o estado de calamidade pública no país serem derrubados.

Bolsonaro negou a eficácia da máscara por duas vezes e sem apresentar qualquer evidência do que estava a dizer.

Recorde-se que o equipamento de proteção individual, à semelhança do uso de desinfetantes e cumprimento do distanciamento social, reúne o consenso da comunidade científica internacional, e a Organização Mundial de Saúde (OMS) reconhece a sua eficácia há pelo menos três meses.

Tudo aconteceu depois de uma apoiante dizer que preferia tirar uma fotografia com Bolsonaro numa próxima oportunidade, quando a máscara já não fosse necessária.

"Foto, só quando não precisar de máscara, viu? Eu espero", disse a mulher.

"Tem algum médico aí? Eficácia dessa máscara é quase nenhuma", respondeu Bolsonaro, que usava máscara.

"Não, eu espero o dia que a gente não usar mais", comentou a apoiante.

"Acho que não tem que ter máscara nenhuma, tem nada ver", afirmou outro apoiante.

 "Eficácia da máscara é quase nenhuma”, repetiu Bolsonaro.

 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×