15/1/21
 
 
IEFP. Desemprego aumenta 37% em julho. Há mais de 407 mil desempregados

IEFP. Desemprego aumenta 37% em julho. Há mais de 407 mil desempregados

Jornal i 20/08/2020 11:55

Relatório divulgado pelo IEFP indica que o Algarve continua a ser a região que regista maior aumento do desemprego, com uma subida de 216,1% em julho, em comparação com o mesmo mês do ano passado.

O número de desempregados inscritos nos centros de emprego cresceu para 407 302 indivíduos, até final de julho, de acordo com os números divulgados esta quinta-feira pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP). 

"No fim do mês de julho de 2020, estavam registados, nos Serviços de Emprego do Continente e Regiões Autónomas, 407 302 indivíduos desempregados, número que representa 74,5% de um total de 546 846 pedidos de emprego", lê-se na nota do IEFP. 

Estes dados significam um aumento de mais 110 012 desempregados inscritos, face ao mesmo período de 2019 – um aumento de 37%. Em comparação com junho, o aumento foi de apenas 0,2%, ou seja, mais 637 desempregados inscritos. 

"Para o aumento do desemprego registado, face ao mês homólogo de 2019, variação absoluta, contribuíram todos os grupos do ficheiro de desempregados, com destaque para as mulheres, os adultos com idades iguais ou superiores a 25 anos, os inscritos há menos de um ano, os que procuravam novo emprego e os que possuem como habilitação escolar o secundário", refere o IEFP.

Olhando por regiões, vista regional, o desemprego apenas não aumentou, em julho, na Região Autónoma dos Açores (com uma diminuição de 1,4% dos desempregados inscritos). A região do Algarve continua a ser a que regista maior crescimento do desemprego, com uma subida de 216,1% do número de pessoas inscritas nos centros do IEFP em julho, em comparação com o mesmo mês do ano passado.

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×