25/10/20
 
 
Alemanha. Suspeito de ataque terrorista provoca três feridos graves

Alemanha. Suspeito de ataque terrorista provoca três feridos graves

Jornal i 19/08/2020 16:38

O suspeito conduziu contra outros veículos numa autoestrada. Apesar de suspeitas de terrorismo, autoridades dizem que o acusado pode ter distúrbios mentais.

 

Desde que começou a pandemia pouco se tinha ouvido falar de ataques terroristas na Europa de figuras ligadas ao Estado Islâmico, mas ontem o velho continente foi alvo de mais um adepto da causa extremista. Um condutor iraquiano, de 30 anos, causou um acidente em cadeia numa autoestrada na Alemanha, depois de conduzir em direção a diversos veículos, incluindo uma mota cujo piloto se encontra em risco de vida. 
 
O incidente causou três feridos em estado grave e, segundo o jornal alemão Die Welt, após abandonar o veículo, o autor do acidente gritou “Allah Akbar (Deus é grande)”.
 
Depois de ter causado os acidentes, o homem, que conduzia um Opel Astra, disse que havia um “objeto perigoso” numa caixa que colocou no tejadilho do seu carro: “Ninguém se aproxima, senão morrem todos”, terá dito em tom de ameaça.
 
Os técnicos de investigação forense radiografaram a caixa de metal que aparentemente seria adequada para armazenar munições, mas não encontraram nada suspeito, além de ferramentas. Segundo fontes da polícia, também não foram encontrados vestígios de explosivos dentro do carro. “Devido às circunstâncias, não vemos isto como um acidente aleatório”, disse um responsável da investigação.
 
Um porta-voz do Ministério Público local disse à AFP que, segundo o atual estado da investigação, este ato voluntário de provocar os acidentes ocorreu “por motivação islamita”.
 
O incidente, que aconteceu na A100, que dá acesso à Autobahn, um dos principais acessos de Berlim, na noite de terça-feira, obrigou ao encerramento da autoestrada nos dois sentidos e provocou longas filas de trânsito.
 
Cerca de 300 pessoas ficaram retidas na autoestrada, durante várias horas, e foi necessária intervenção e apoio da Cruz Vermelha alemã.
 
Apesar de ambas as faixas se encontrarem operacionais, alguns troços da autoestrada em direção ao distrito de Neukölln permanecem encerradas devido a investigações policiais, informou o Centro de Informação sobre o Tráfico de Berlim no Twitter. 
 
O autarca de Berlim, Andreas Geisel, mostrou-se chocado com este incidente e disse que pessoas inocentes se “tornaram vítimas de um ataque que aconteceu do nada”. O político acrescentou que estes acontecimentos “revelam o quão vulnerável pode ser a sociedade livre”.
 
As autoridades acreditam que o homem atuou sozinho e suspeitam que se possa tratar de um ataque terrorista. “As declarações do motorista sugeriram um ato de motivação religiosa”, disse o porta-voz do procurador-geral de Berlim, Martin Steltner. Contudo, a polícia alemã está a considerar a possibilidade de o suspeito ter distúrbios mentais.
 
No total, seis pessoas ficaram feridas nos acidentes, três em estado grave, conforme relatado pelo corpo de bombeiros. O motorista, cuja identidade não foi revelada, foi preso e está a ser investigado sob a acusação de tentativa de homicídio. 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×