30/9/20
 
 
Quartos (de final) de luxo

Quartos (de final) de luxo

AFP Laura Ramires 15/08/2020 15:12

Primeira eliminatória da fase final da Liga dos Campeões encerra este sábado, com duelo português. A final a oito está ao rubro, mas passa quase indiferente à cidade de Lisboa.

As emoções da Champions estão â flor da pele em Lisboa, pelo menos dentro das quatro linhas, já que pela capital portuguesa são praticamente irrelevantes os sinais ou demonstrações que indiquem que o palco do futebol mundial foi montado na capital portuguesa. Esta noite, o espetáculo promete continuar, com um duelo português reservado para o fecho da primeira fase desta inédita final a oito. O Estádio José Alvalade abre portas este sábado para receber o último encontro dos quartos-de-final, entre o Manchester City e o Lyon. Isto significa que pelo menos um português vai ficar já sem o sonho de conquistar a prova dos milhões em casa: no emblema francês, Anthony Lopes é o único representante luso; enquanto os citizens contam com a dupla Bernardo Silva-João Cancelo. Depois de uma época em que ficou aquém das expetativas, o clube de Manchester coloca todas as fichas na competição. Pep Guardiola procura também juntar-se ao restrito lote de treinadores que venceram a prova por três vezes, depois das duas vitórias conseguidas no comando técnico do Barcelona (nas edições de 2008/09 e 2010/11). Recorde-se que, em 2018/19, o Man. City venceu todas as competições em Inglaterra, faltando agora ao clube conquistar a primeira Liga dos Campeões da sua história. Em Manchester desde 2017, Bernardo Silva foi um dos protagonistas da época de ouro dos citizens. Já João Cancelo juntou-se ao compatriota no último verão, depois de deixar a Juventus de Cristiano Ronaldo. De relembrar que a equipa de Turim foi eliminada nos oitavos de final, precisamente pelo Lyon. 
Já de malas e bagagens arrumadas está o também português João Félix. O Atlético de Madrid foi surpreendido pelo RB Leipzig e falhou as meias-finais da Champions. O internacional português só foi lançado em campo aos 58 minutos, e ainda conseguiu devolver a igualdade ao marcador, de grande penalidade (71’). Já no último suspiro, Tyler Adams selou o 2-1 final, colocando o Leipzig nas meias pela primeira vez na (curta) história do clube. 
Fundado em 2009, o emblema alemão tem apresentado uma  ascensão meteórica e revelado a capacidade para ombrear com os principais clubes do futebol europeu. Com pouco mais de uma década de existência, o RB Leipzig procura consolidar o projeto desportivo com a conquista do primeiro título. Com a Liga dos Campeões ainda no horizonte, o clube da Bundesliga sabe que para já tem nova missão espinhosa pela frente: o Leipzig irá defrontar o PSG nas meias, na terça-feira. Recorde-se que o campeão francês conseguiu qualificar-se para as meias após reviravolta épica sobre a Atalanta, carimbada já em tempo de compensação. 
Já na quarta-feira, a segunda meia-final da prova será entre os vencedores dos duelos entre Man.City e Lyon e entre o Barcelona e Bayern, que discutiram na noite de ontem a terceira vaga para a penúltima eliminatória da competição. No conjunto blaugrana, Nélson Semedo completa a mão cheia de portugueses que disputou esta fase final. Na chegada dos espanhóis a Portugal, Messi, eterno rival de CR7, foi recebido com euforia  pelos adeptos, que esperaram o internacional argentino junto ao hotel Sheraton. Instalados no centro de Lisboa, na mesma unidade hoteleira em que se encontrava o At. Madrid, o Barcelona teve o Estádio Nacional à disposição para realizar as sessões de trabalho.  Já o PSG optou por ficar no Myriad By Sana Hotels, no Parque das Nações, com a Academia do Sporting em Alcochete como centro de treinos.Por sua vez, o Leipzig pode ser encontrado no Hotel Palácio Estoril. Os alemães têm reservado o estádio do Estoril (António Coimbra da Mota) para os trabalhos do plantel. Mais longe do centro está o Man. City, hospedado no Sheraton Cascais Resort, na Quinta da Marinha – com os treinos agendados para a Cidade do Futebol, em Oeiras. Também na vila portuguesa está instalado o Lyon, embora no Hotel Cascais Miragem, conhecido por receber Fernando Santos e companhia na altura das competições da  Seleção. O clube da Ligue 1 realiza os treinos no recinto do Restelo. Entre os oito finalistas, o Bayern Munique foi o que ficou mais afastado do centro da capital portuguesa, com os campeões da Bundesliga a refugiarem-se na Serra de Sintra, no Penha Longa Resort. Os alemães reservaram o estádio Municipal de Mafra para treinar. Já a eliminada Atalanta treinou no Campo Pina Manique (Casa Pia) e  reservou estadia no hotel Corinthia, na zona de Sete Rios. Nas unidades hoteleiras, as equipas gozam de várias regalias, com zonas exclusivas para os jogadores, como salas de treino ou piscinas.

Liga Europa: as meias-finais
Na segunda prova da UEFA, as meias-finais estão definidas, com os embates entre o Sevilha-Man.United e o Inter-Shakhtar Donetsk, agendados para este domingo e segunda-feira, respetivamente. Também neste campo haverá confronto português, com o clube espanhol de Rony Lopes a defrontar os red devils de Bruno Fernandes e Diogo Dalot. De notar que o médio ex-Sporting está isolado no topo da tabela dos melhores marcadores da prova, com 7 golos (cinco ainda ao serviço dos leões, durante a fase de grupos). De resto, também nas provas europeias Bruno Fernandes  posiciona-se como o patrão do clube de Manchester, tendo sido o autor do golo que apurou a equipa para esta fase. Depois de ter sido figura de proa do conjunto de Solskjær na Premier League, o médio luso já confessou que a vitória na Liga Europa seria a cereja no topo do bolo na sua época de estreia em Inglaterra. O United procura a segunda vitória na prova, depois da conquista de 2016/17 sob o comando técnico do treinador português José Mourinho. Pela frente terá o clube andaluz, recordista de troféus na segunda prova da UEFA, com cinco títulos. Também a perseguir o desejo de vencer a competição pela segunda vez está o Shakhtar do treinador português Luís Castro. O conjunto ucraniano goleou os suíços do Basileia nos quartos e espera agora um desafio mais difícil frente ao Inter. O clube italiano eliminou o Bayer Leverkusen na última fase e procura isolar-se no segundo lugar na lista de clubes mais titulados na prova. Atualmente com três troféus, segue empatado com o Liverpool, Juventus e At. Madrid.
A final da Liga Europa acontece ainda durante a próxima semana, na sexta-feira (21 de agosto).

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×