29/9/20
 
 
Preventiva para suspeita de atear incêndio em Gondomar

Preventiva para suspeita de atear incêndio em Gondomar

Jornal i 14/08/2020 11:53

Suspeita estava a espalhar álcool gel numa área de mato, tendo de seguida ateado fogo com recurso a um isqueiro.

O Tribunal de instrução Criminal do Porto colocou em prisão preventiva a mulher, de 29 anos, suspeita de ter ateado na quarta-feira um incêndio florestal em São Pedro da Cova, Gondomar, distrito do Porto.

Em comunicado, a GNR explica que a mulher foi detida "em flagrante delito por um militar da GNR e um agente da PSP que se encontravam de folga".

Segundo a mesma nota, "a suspeita estava a espalhar álcool gel numa área de mato, tendo de seguida ateado fogo com recurso a um isqueiro, quando foi intercetada".

De acordo com a força de segurança, o fogo, que foi extinto pelos Bombeiros Voluntários de São Pedro da Cova,  consumiu cerca de 200 metros quadrados de mato adjacente a um aglomerado populacional, tendo a “rápida intervenção dos envolvidos prevenido que o foco tomasse proporções maiores”.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×