23/9/20
 
 
PCP acusa Rio de ter uma "aversão sem limites" ao partido

PCP acusa Rio de ter uma "aversão sem limites" ao partido

jornal i 13/08/2020 13:22

Em causa está a organização da Festa do Avante!

Após Rui Rio ter comentado a organização da Festa do Avante! e a lotação máxima do evento nas redes sociais, o Partido Comunista, responsável pela organização, acusou o líder do partido social democrata de ter uma "aversão sem limites" ao partido.

Depois de Marta Temido ter confirmado, esta quarta-feira, que não seria permitida a presença de 100 mil pessoas na festa do Partido Comunista como nos anos anteriores, o líder do PSD questionou o Governo: “Se reduzirem a lotação máxima (100.000 pessoas) em 50%, ela passará a corresponder ao Estádio do Porto ou do Sporting completamente cheios”, escreveu Rui Rio, aludindo ao facto de a DGS não permitir a presença de público nos estádios. 

"Há afirmações tão ridículas que só podem assentar numa aversão sem limites ao PCP e à sua luta pelos direitos dos trabalhadores e do povo", escreveu o partido comunista num comunicado enviado às redações. O partido dirigido por Jerónimo de Sousa afirma que a comparação feita por Rio entre o terreno onde se realiza a Festa do Avante!, na Atalaia, e os estádios de futebol não faz sentido. "É cerca de 20 vezes maior", defende o partido. 

Na visão do PCP, o comentário de Rui Rio "só pode ser compreendido por ma-fé e desonestidade política subjacentes aos tiques da conhecida intolerância democrática", pode ler-se ainda na nota.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×