10/12/2023
 
 
Maurícias vão pedir indemnização a empresa responsável por derrame

Maurícias vão pedir indemnização a empresa responsável por derrame

Jornal i 12/08/2020 17:54

O primeiro-ministro declarou o derrame um desastre nacional. 

As Maurícias vão pedir uma indemnização compensação pelos graves danos ambientais à Nagashiki Shipping, proprietária do "MV Wakashio", ao proprietário do navio japonês que já derramou mais de mil toneladas de hidrocarbonetos numa zona que é um santuário para a vida selvagem, um recife de Pointe d'Esny, nas águas das Maurícias, anunciou o primeiro-ministro, Pravind Jugnauth.

O primeiro-ministro declarou o derrame um desastre nacional. O governo de Jugnauth está a ser pressionado para explicar porque não toou medidas imediatas para esvaziar o navio quando ele encalhou, a 25 de julho e duas semanas mais tarde, devido à ondulação, o navio rompeu-se e começou a derramar fuelóleo.

Milhares de pessoas têm estado envolvidas nos trabalhos de limpeza, usando bombas improvisadas e folhas de cana de açúcar para tentar conter o petróleo. Estima-se que cerca de 400 toneladas do petróleo derramado já tenham sido removidas do mar.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline