25/10/20
 
 
Instituto. Graça Carvalho lança conferências e escreve a parceiros sociais

Instituto. Graça Carvalho lança conferências e escreve a parceiros sociais

DR jornal i 12/08/2020 08:48

A primeira conferência será no dia 10 de setembro e terá como orador Carlos Moedas.

Graça Carvalho, eurodeputada do PSD, tomou posse como presidente do Instituto Sá Carneiro a 1 de julho, e decidiu escrever a parceiros sociais e a ordens profissionais, bem como a outros setores da sociedade civil, para manifestar a sua disponibilidade para o diálogo e recordar o papel do Instituto a que preside, por exemplo, na formação de quadros. Paralelamente, lançou a iniciativa “Sá Carneiro Talks”, um conjunto de palestras para assinalar os 40 anos da morte do fundador do PSD (e prestar homenagem). A primeira palestra ou conferência será já no dia 10 de setembro, tendo como orador principal o ex-comissário europeu Carlos Moedas. Que se afastou da vida política ativa há exatamente um ano.
Na lista de palestrantes estão ainda nomes como Durão Barroso, ex-presidente da Comissão Europeia, o eurodeputado Paulo Rangel (que é vice-presidente do PPE), o eurodeputado José Manuel Fernandes, além de Carlos Robalo Cordeiro (Professor de Medicina na Universidade de Coimbra).

As conferências, segundo o instituto Francisco Sá Carneiro, “terão uma duração média de 20 minutos, uma regularidade mensal e serão, sempre que possível, gravadas num ambiente rico do ponto de vista cultural ou paisagístico escolhido pelo palestrante e relacionado com o seu percurso de vida” do orador principal da iniciativa.

O Instituto Sá Carneiro vai lançar ainda o Prémio Sá Carneiro, além de uma bolsa de empreendedorismo em estreita relação com empresas e universidades. O objetivo da nova direção é dinamizar medidas para modernizar o instituto e as suas iniciativas.

De realçar que Graça Carvalho foi convidada pelo presidente do PSD, Rui Rio, no passado dia 15 de maio, para liderar aquele instituto após a demissão de Luís Alves Monteiro. Na altura também se demitiu Mira Amaral – segundo o Observador, ambas as saídas deram-se por falta de “suporte financeiro”para a atividade do Instituto. Que tem uma missão de reflexão no quadro do PSD.

“A Prof. Graça Carvalho, ex-ministra da Ciência e do Ensino Superior, aceitou o meu convite para se candidatar a presidente do Instituto Sá Carneiro. A sua equipa irá reforçar o papel deste instituto como braço armado do PSD para a formação política”, escreveu Rui Rio no Twitter quando anunciou o convite feito à eurodeputada.

Após a escolha, Graça Carvalho elencou, numa nota oficial, os objetivos da sua nova missão: “O Instituto Sá Carneiro deve ser um produtor de ideias para Portugal, identificando problemas e propondo soluções. Deve assegurar-se de que essas propostas são publicadas e devidamente comunicadas. Deve, em permanência, preservar e divulgar o legado e memória da personalidade que lhe deu o nome. E deve ainda formar quadros políticos para o futuro do partido e do país, especialmente jovens”.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×