23/9/20
 
 
Lisboa na Rua começa na próxima quinta-feira

Lisboa na Rua começa na próxima quinta-feira

Jornal i 07/08/2020 17:10

No ano em que Lisboa é a Capital Verde Europeia, os temas ambientais serão o prato forte.

A programação do Lisboa na Rua, que começa a 13 de agosto, poderá ser condicionada pela pandemia, e mesmo o conjunto de iniciativas que a Empresa de Gestão de Equipamentos e Animação Cultural (EGEAC), da Câmara Municipal de Lisboa, tem alinhadas até ao final de setembro não irão ocorrer em grandes palcos, como não haverá espetáculos para milhares de pessoas. Já no que toca às sessões ao ar livre, também irão ocorrer em espaços com lotações limitadas, distâncias de segurança, máscaras e higienização. Em certo sentido, este será um festival piloto, em que uma série de ações e eventos irão testar a possibilidade de uma retoma faseada dos programas culturais, ao mesmo tempo que servirão para sensibilizar o público para a necessidade de respeitar as medidas de segurança e prevenção. E haverá ainda uma tentativa de abranger uma audiência mais vasta através dos canais online, com alguns dos eventos a serem transmitidos em ‘streaming’.

Este será um feixe de propostas autónomas, festivais que se ligam para devolver à cidade de Lisboa uma programação tão vibrante quanto possível numa altura em que a pandemia gera ainda grande incerteza. Arrancando com o Festival Política, no Cinema São Jorge, a 13 de agosto, esse cartaz estende-se por quatro dias, incluindo debates, filmes, performances, música e humor. Mas o tema central será o ambiente e as alterações climáticas, num esforço por justificar a nomeação de Lisboa como Capital Verde Europeia este ano.

Para assinalar o centenário do nascimento de Amália, terá lugar um ciclo de cinema ao ar livre, no jardim do Palácio Pimenta - Museu de Lisboa, focando os momentos da carreira da fadista em que aliou ao canto a representação, tendo participado em quatro filmes, que serão exibidos de 3 a 6 de setembro.

Ainda na área do cinema, O Cinema no Estendal realiza-se a 4 e 5 de setembro em local ainda a designar, com a exibição de curtas metragens nacionais e internacionais em estendais de bairros e praças de Lisboa.

A capital irá celebrar também o aniversário de Jorge Palma, com o concerto “70 voltas ao sol - Jorge Palma”, que tem Cristina Branco e Dead Combo como convidados, em 12 de setembro, com transmissão online.

E também nos jardins do Palácio Pimenta, e no Palácio Baldaya, nos dias 6, 13, 20 e 27 de setembro, pelas 17:30, realiza-se o Dançar a Cidade, durante o qual os participantes podem experimentar danças de vários estilos, ao ar livre e a solo. Poderá ainda encontrar instalações espalhadas pela cidade, em árvores de Lisboa, localizadas no Saldanha, Avenida da Liberdade, Restauradores, Rossio e Cais do Sodré, de 29 de agosto a 29 de setembro. São obras de arte insuflável, dos artistas britânicos Filthy Luker & Pedro Estrellas.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×