23/9/20
 
 
Estudantes do Ensino Superior vão poder ficar em hostels e pousadas

Estudantes do Ensino Superior vão poder ficar em hostels e pousadas

Jornal i 07/08/2020 12:13

Segundo avança o jornal Público, haverá três mil lugares disponíveis.

Cerca de três mil estudantes do Ensino Superior vão poder ficar em hostels e pousadas durante o próximo ano letivo, segundo avança, esta sexta-feira, o jornal Público. Esta alternativa surge na sequência das novas orientações da Direção-Geral da Saúde (DGS), que estabelecem um distanciamento de dois metros entre camas – medida que fará com que centenas de lugares em residências de estudantes fiquem indisponíveis.

Segundo a mesma publicação, o Ministério da Ciência e Ensino está a ultimar um acordo nas cidades de Lisboa, Porto, Coimbra e Braga, as quatro cidades do país com mais estudantes universitários.

Segundo o ministro da tutela, João Sobrinho Teixeira, trata-se de “um bom casamento” entre o Estado e o setor dos hostels.

"Os hostels garantem um rendimento durante um ano, que lhes permitirá manter a estrutura numa altura em que sofreram uma quebra de clientes, e nós conseguimos encontrar uma solução para o alojamento dos estudantes", explicou.

O Público avança ainda que o ministério vai fazer um acordo com a Associação dos Hostels de Portugal, que permitirá identificar quais as unidades de alojamento local que estão disponíveis para receber estudantes, garantindo o cumprimento das normas sanitárias – uma das proibições serão os quartos com beliches. Já o acordo com a Movijovem, a entidade que gere as pousadas da juventude, vai permitir que 500 estudantes tenham um local para dormir, porém, o número terá que ser revisto em resultado das recomendações da DGS.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×