26/9/20
 
 
FEST. Cinco filmes mais perto do que longe

FEST. Cinco filmes mais perto do que longe

Cláudia Sobral 06/08/2020 19:00

Sob o mote “tão perto quanto o longe puder ser”, decorre até dia 9 a 16.ª edição do FEST - New Directors New Films Festival, que de Espinho se alarga este ano ao Porto e a Lisboa.

Papicha

Longa-metragem de estreia de Mounia Meddour, “Papicha” regressa ao ano de 1997, na Argélia. Com o crescimento da influência de grupos extremistas islâmicos, a liberdade das mulheres segue também crescentemente ameaçada. Será com esta realidade como pano de fundo que um grupo de jovens organiza, num desafio a um clima de opressão crescente, um desfile de moda. “Papicha”, um retrato de uma geração de mulheres que procurou lutar contra as imposições do patriarcado da sociedade argelina, estreou-se no ano passado na secção Un Certain Regard do Festival de Cannes e chega ao FEST em competição pelo Lince de Ouro.

hoje às 20h30 na Junta de Freguesia de Espinho; sábado às 21h30 no Cinema Trindade (Porto)

The Man in The Orange Jacket

Ao perder o seu emprego num porto marítimo, um jovem passa a perseguir o seu ex-patrão até ao dia em que, com uma nova identidade e numa reviravolta que o leva a viver numa antiga mansão outrora propriedade desse homem, dará início a uma nova vida. Até que o passado lhe baterá à porta, com a visita de um rosto que lhe é familiar. “The Man in The Orange Jacket” (2014) é o mais recente filme do realizador de origem arménia Aik Karapetian, que o FEST exibe como parte da secção Flavours of The World, que nesta edição coloca sob foco o cinema da Letónia, com a obra de Karapetian, de quem já foi exibido no início da semana “People Out There”.

Domingo às 21h30 na Junta de Freguesia de Espinho

100% Camurça

Estreado comercialmente em Portugal durante o confinamento diretamente na plataforma de streaming Filmin e nos videoclubes das operadoras de TV por cabo, “100% Camurça” tem uma projeção no FEST a propósito da homenagem que o festival que se realiza anualmente em Espinho dedica ao cineasta francês Quentin Dupieux, na secção Be Kind Rewind. No domingo, do mesmo realizador, é também exibido “Reality”. Um filme anterior a “100% Camurça”, estreado na edição de 2019 de Cannes com a história de um homem obcecado com blusões de camurça e que, à procura de um novo rumo para a sua vida, cria uma falsa ocupação de realizador.
 
Sábado às 23h30 na Junta de Freguesia de Espinho

Jumbo

Também em competição pelo Lince de Ouro, o prémio máximo da competição de longas-metragens do FEST, a estreia na longa-metragem da realizadora belga ZoéWittock, com a história de uma jovem apaixonada por carrosséis que desenvolve uma obsessão por Jumbo, uma das principais atrações do parque de diversões em que trabalha, que fará com que os que a rodeiam comecem a duvidar da sua sanidade mental. Selecionado para Sundance e para a Berlinale deste ano, mesmo antes do início da pandemia, “Jumbo” é uma história de amor entre uma mulher e um objeto inanimado, equilibrada entre o fantástico e o realismo social.

Amanhã às 20h30 na Junta de Freguesia de Espinho e domingo às 21h30 no Cinema Trindade

Games People Play

Descrito como “uma comédia sobre a tragédia de se ser eternamente jovem”, “Games People Play”, produção finlandesa dirigida pela cineasta Jenni Toivoniemi, é o filme de encerramento do 16.º FEST - New Directors New Films Festival. A história é a de um velho grupo de amigos que se reúne para um fim de semana a recordar os tempos de adolescência numa casa à beira-mar quando uma delas, Mitzi, se prepara para completar 40 anos, mas recusa celebrar o seu aniversário. Nessa reunião, esquecer-se-ão do tempo presente e viajarão até a um passado que trará revelações que os farão repensar as suas vidas.

Domingo às 18h na Junta de Freguesia de Espinho

 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×