23/10/20
 
 
Verão. As salas de cinema ao ar livre

Verão. As salas de cinema ao ar livre

Mariana Madrinha 29/07/2020 23:17

Esta conjugação traz-nos uma série de ciclos ao ar livre, espalhados um pouco por todo o país.

As noites amenas convidam a sessões de cinema ao ar livre e as restrições causadas pela pandemia também pedem cautelas acrescidas e mais ar a circular. Esta conjugação traz-nos uma série de ciclos ao ar livre, espalhados um pouco por todo o país.

 

Lisboa (Parque Mayer)

As sessões de cinema ao ar livre continuam este mês no Parque Mayer, todas as sextas-feiras e sábados. Esta iniciativa da Junta de Freguesia de Santo António leva ao histórico complexo lisboeta uma série de filmes para ver sob as estrelas nos próximos dias 1, 7, 8, 14, 15, 21, 22, 28 e 29 de agosto. No próximo sábado, por exemplo, será exibido o filme 1917, de Sam Mendes, e na sexta-feira seguinte, dia 7 de agosto, o grande ecrã será de Judy (Rupert Goold), o biopic de Judy Garland, com uma interpretação de Renée Zellweger que lhe valeu a dobradinha este ano: o BAFTA e o Óscar de Melhor Atriz. Com o apoio da EGEAC, do Cinema São Jorge e da EMEL, a entrada nestas sessões de verão, que decorrem sempre às 21h00, é gratuita. Até ao fim do mês, os espetadores vão ainda poder ver filmes como Cinema Paraíso ou O Carteiro de Pablo Neruda. A lista completa pode ser consultada na página da junta de freguesia.

1917 - Sábado, 21h00, Parque Mayer 
George MacKay e Dean-Charles Chapman protagonizam o filme de Sam Mendes que relata a história de dois soldados britânicos na Grande Guerra.

 

Viseu (vários locais)

Num ano sem a Feira de São Mateus, Viseu reinventou-se com um Cubo Mágico. Esta semana, até sexta-feira, as sessões de cinema ao ar livre contam-se entre a oferta, que terá aqui a curadoria do Cine Clube de Viseu. Espalhadas pelo Parque Aquilino Ribeiro, os claustros do Museu Nacional Grão Vasco e a zona histórica da cidade, as telas vão receber até sexta-feira, e sempre pelas 21h30, oito filmes. As sessões já começaram ontem, mas hoje será a vez de O Falcão Manteiga de Amendoim, de Tyler Nilson e Michael Schwartz (no Parque Aquilino Ribeiro). The Sword of Doom, de Kihachi Okamoto, e Veneno, de Todd Haynes, contam-se entre as ofertas de quinta e sexta-feira – nestes casos, a projeção ocorrerá nos claustros do museu. Também amanhã, e novamente no Parque Aquilino Ribeiro, será projetado La La Land, uma sugestão de Mário Augusto. É possível reservar os lugares online na página do Cubo Mágico.

La La land - Quinta-feira, Parque Aquilino Ribeiro, 21h30
O filme de 2016 de Damien Chazelle conta com Ryan Gosling e Emma Stone nos papéis de Mia e Sebastian. Um musical sem tempo.

 

Lagos - Campo de Jogos do Rossio da Trindade

O Campo de Jogos do Rossio da Trindade, em Lagos, vai tornar-se um drive-in que funcionará a partir do próximo sábado, dia 1 de agosto. O espaço vai receber diversos eventos culturais, incluindo concertos, mas as quartas-feiras serão reservadas para sessões de cinema gratuitas (limitadas à entrada de cem viaturas ligeiras). Os automobilistas podem reservar o lugar através da página da câmara municipal, onde está disponibilizado um formulário de inscrição e pode ser consultada a programação completa. O grande vencedor dos Óscares deste ano, Parasitas (Bong Joon Ho), ou Cinema Paraíso, de Giuseppe Tornatore, película escolhida em jeito de “homenagem ao maestro Ennio Morricone”, diz a autarquia, contam-se entre os títulos oferecidos. O filme do cineasta coreano é já o primeiro e será exibido no próximo dia 5 de agosto. Variações, de João Maia, e The Hunger Games: Os Jogos da Fome, de Gary Ross, também se contam entre a oferta.

Parasitas - 5 de agosto, 21h30 (antigo campo de futebol da Trindade)
A película de Bong Joon Ho que varreu os Óscares deste ano vai abrir as sessões de cinema deste drive-in em Lagos, marcadas para as quartas-feiras.

 

Porto (Complexo Desportivo do Monte Aventino)

“Cinema fora do sítio” é o nome do ciclo que, nas últimas duas décadas, tem enchido de cinema as noites portuenses de verão, e este ano não será exceção. A partir de 31 de julho (e até 29 de agosto) vão decorrer dez sessões de cinema no court central do Complexo Desportivo do Monte Aventino, às sextas e sábados, a partir das 22h00. O espaço foi escolhido pela dimensão e para manter a distância entre os espetadores: há 380 lugares sentados e a fila funciona por ordem de chegada (as portas abrem uma hora antes). Bora Lá e 1917 são os primeiros filmes do ciclo, para ver já no próximo fim de semana (sexta-feira e sábado, respetivamente). Até ao final de agosto, os espetadores podem contar com uma programação pensada especialmente para os mais novos, com filmes como Snow: Os Domínios do Espelho (dia 7), Agentes Especiais (14), Sonic – O Filme (21), O Meu Espião (22), O Teu Melhor Amigo (28 de agosto) ou O Rececionista (29), entre outros.

Bora lá - Sexta-feira, Complexo Desportivo do Monte Aventino, 22h00
Dois irmãos elfos adolescentes que embarcam numa grande e gloriosa demanda para descobrir se ainda existe magia no mundo. Um filme da Disney Pixar (2020).

 

Silves (vários locais)

O cinema ao ar livre – e itinerante – vai ser uma realidade no concelho de Silves ao longo de agosto, numa iniciativa da câmara municipal em parceria com o Cineclube de Faro. Na próxima sexta-feira, dia 31 de julho, o Largo das Piscinas Municipais, em Silves, será a sala de Variações, de João Maia. Daí, os cinéfilos podem seguir para o anfiteatro da Junta de Freguesia de São Bartolomeu de Messines, onde, no dia 8 de agosto, será exibido Lúcia Cheia de Graça. Já ao Algoz, no Auditório Externo do Sport Algoz e Benfica, chegará o filme Made in Bangladesh a 13 de agosto. Trata-se de um ciclo pensado em tempos de pandemia, mas que também será um regresso ao passado, explica a autarquia, afirmando que o objetivo destas sessões é “promover e dinamizar uma oferta cultural adequada aos tempos da covid-19 e levar o cinema até à população das freguesias do interior, neste período de verão, através de sessões de cinema ao ar livre, algo que foi muito comum nos tempos dos nossos pais e avós”.

Variações - Sexta-feira, 31 de julho, Largo das Piscinas Municipais de Silves, 21h15
O filme biográfico de António Variações, assinado por João Maia, foi uma das grandes estreias nacionais do ano passado. Sérgio Praia deu vida e voz ao cantor.

 

Maia (Parque da Cidade Desportiva da Maia)

Desde a passada sexta-feira que o Cineclube da Maia regressou com o ciclo “Cinema na Relva”, que tem transformado o Parque da Cidade Desportiva da Maia num verdadeiro cinema ao ar livre. Ainda há dois filmes para ver nos próximos dias. Um deles é O Filme do Bruno Aleixo, de Pedro Santo e João Moreira, que vai ser exibido na sexta-feira, dia 31. Estreada no início do ano, a longa-metragem protagonizada pela personagem cómica foi o filme português mais visto do ano em sala. No dia seguinte, o primeiro sábado de agosto, o “Cinema na Relva” despede-se com Mulherzinhas, de Greta Gerwig. As projeções decorrem a partir das 22h00, a entrada é gratuita e, aqui, a relva faz mesmo as vezes de cadeira, pelo que os espetadores devem levar a sua manta para estender no parque. As orientações de saúde não são esquecidas, pelo que as sessões têm lotação limitada. Assim, a organização aconselha o público a chegar cedo.

Mulherzinhas - Sábado, dia 1 de agosto, 22h00, Parque da Cidade Desportiva da Maia
A adaptação da história de Louisa May Alcott pelas mãos de Greta Gerwig chegou no ano passado aos cinemas, trazendo no elenco nomes como Saoirse Ronan e Meryl Streep.

 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×