24/11/20
 
 
Debates Quinzenais. Deputados do PSD preparam voto contra

Debates Quinzenais. Deputados do PSD preparam voto contra

Bruno Gonçalves Cristina Rita 22/07/2020 15:21

Margarida Balseiro Lopes e Pedro Rodrigues enviaram e-mail à direção da bancada do PSD. Querem liberdade de voto na norma do regimento que põe fim aos debates quinzenais. 

O Bloco de Esquerda abriu caminho para que alguns deputados do PSD possam vir a contrariar a posição oficial da equipa de Rui Rio sobre os debates com o Governo. A bancada bloquista vai avocar a norma do projeto sobre alterações regimentais que põe fim aos debates quinzenais. Resultado? Dois deputados do PSD escreveram à direção da bancada social-democrata. leia-se Rui Rio, para pediram liberdade de voto. Se não for dada, tanto Margarida Balseiro Lopes como Pedro Rodrigues preparam-se esta quinta-feira para votar contra o fim dos debates quinzenais.

Na missiva da ainda líder da JSD ( termina o mandato no dia 26 de julho), Margarida Balseiro Lopes explica que "se é verdade que em relação à generalidade das alterações introduzidas [ao regimento] não tenho qualquer objeção, o mesmo já não se aplica à matéria em concreto do fim dos debates quinzenais. Razão pela qual, tendo o Bloco de Esquerda anunciado a intenção de avocar os artigos relativamente a esta matéria, não posso em consciência e por alguns dos argumentos já expostos acompanhar o sentido de voto do PSD nesta matéria". Em suma, caso não seja levantada a disciplina de voto, a deputada votará alinhada com o Bloco de Esquerda, PCP, CDS, PAN, Iniciativa Liberal ou da Joacine Katar Moreira.

O mesmo se deverá passar com o deputado Pedro Rodrigues, No e-mail a que o i teve acesso, o deputado pediu esclarecimentos à direção da bancada do PSD para acautelar a liberdade de voto nesta matéria. E o argumento é simples:  trata-se de " uma posição que caminha ao arrepio da tradição, do património e da identidade do nosso partido. Acresce que ao contrário do que dispõe o Regulamento Interno do Grupo Parlamentar, a matéria e causa não foi alvo de prévio debate interno no Grupo, condição fundamental para a determinação da aplicação da regra da disciplina de voto".

Segundo apurou o i, mais deputados do PSD estão em reflexão sobre como votar esta proposta, o que obrigará a equipa de Rui Rio a tomar posição até amanhã, por altura da longa maratona de votações.

Ler Mais


Especiais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×