23/9/21
 
 
Pichichi. Rafael Aranzadi soube o que era O Sentimento Trágico da Vida...

Pichichi. Rafael Aranzadi soube o que era O Sentimento Trágico da Vida...

Afonso de Melo 20/07/2020 09:23

Era magrinho, quase raquítico, mas marcava golos de todas as maneiras e feitios. Ainda hoje, o melhor marcador de Espanha ganha um troféu com o seu nome.

Rafael Moreno Aranzadi era sobrinho do grande Miguel de Unamuno, esse gigantesco escritor castelhano, homem telúrico que, por causa de O Sentimento Trágico da Vida, foi parar às mãos ensanguentadas do Santo Ofício. Talvez por isso nunca tenha sido verdadeiramente um atleta. Magrinho, quase raquítico, nasceu em Bilbau no dia 23 de maio de 1892 e cedo foi jogar para o Bilbao FC e, em seguida, para o Athletic. Os companheiros não levaram muito a sério as suas ambições. Era demasiado fraco para um tempo em que o futebol, sobretudo no País Basco, estava entregue a brutamontes. Chamaram-lhe Pichichi, nome de um pato que também é conhecido por suirirí piquirojo. Rafael esteve-se nas tintas. Tinha em si uma vertigem incontrolável de golos e desatou a marcá-los de todas as maneiras e feitios.

No dia 21 de agosto de 1913, o Real Unión de Irún foi convidado de honra para a inauguração do Estádio de San Mamés. Pichichi marcou o primeiro golo do novo recinto. Dois meses mais tarde marcaria igualmente o golo inaugural do Estádio Atoxa, em San Sebastián, dos rivais da Real Sociedad. Usava um pano branco amarrado à cabeça. Às vezes era uma boina basca com o tom do avesso. Os adversários caçavam-no a patadas como se fosse uma ratazana, mas Rafael Moreno tinha marcada na alma uma das frases fundamentais do seu tio Miguel: “Solo los que intentan cosas absurdas son capaces de lograr cosas imposibles!” De certa forma, era um mantra. Pichichi seria o homem das coisas impossíveis. Por isso, 88 anos após a sua morte, o prémio anual para o melhor marcador da Liga Espanhola continua a ter o seu nome: Troféu Pichichi.

 

Leia o artigo completo na edição impressa do jornal i. Agora também pode receber o jornal em casa ou subscrever a nossa assinatura digital.

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×