11/8/20
 
 
Duas cabeleireiras estavam infetadas, mas uso de máscara salvou 139 pessoas

Duas cabeleireiras estavam infetadas, mas uso de máscara salvou 139 pessoas

Jornal i 19/07/2020 19:44

As autoridades de saúde monitorizaram as 139 pessoas que estiveram em contacto com as cabeleireiras e nenhuma apresentou sintomas ou testou positivo.

Num salão de cabeleireiro em Springfield, no estado do Missouri, 139 pessoas foram poupadas a uma infeção porque duas cabeleireiras, que mais tarde testaram positivo para a covid-19, trabalharam com máscara.

Este caso aconteceu em maio e foi agora divulgado através de um relatório do Centro de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC). Apesar de estarem a sentir sintomas, as duas mulheres continuaram a trabalhar, sempre protegidas com máscara.

As autoridades de saúde monitorizaram as 139 pessoas que estiveram em contacto com as cabeleireiras e nenhuma apresentou sintomas ou testou positivo nas duas semanas que se seguiram à visita ao cabeleireiro.

"Isto mostra o poder da cobertura para a cara, especialmente em espaços interiores", indicou Nadia Abuelezam, uma especialista da Universidade de Boston, ao New York Times.

Contudo, os especialistas alertam que usar máscara não é solução para tudo e que não se deve esquecer da lavagem frequente das mãos e o distanciamento social. 

Os Estados Unidos registaram, de sábado para domingo, 60.207 novas infeções e 832 mortes causadas pela covid-19, indicou a Universidade Johns Hopkins. 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×