23/10/20
 
 
Jorge Jesus. O sexto (e último?) título pelo Mengão

Jorge Jesus. O sexto (e último?) título pelo Mengão

AFP Laura Ramires 17/07/2020 11:35

O Flamengo conquistou na madrugada desta quinta-feira o Campeonato Carioca. Postura do treinador português após a conquista aumentou os rumores acerca da sua saída.

Jorge Jesus conquistou mais um título pelo Flamengo, aumentando para seis o número troféus alcançados desde que aterrou no comando técnico do Mengão, no verão de 2019. 

Na madrugada de quinta-feira, o Fla venceu o clássico diante do Fluminense, garantindo a conquista do Campeonato Carioca. No Maracanã, Vitinho fez o único golo do encontro para lá dos 90 minutos. Já na primeira mão, Pedro e Michael tinham sido os autores dos golos da equipa rubro-negra, que venceu a final por 3-1 no conjunto das duas mãos.
 Aos 65 anos, o técnico português junta o mais recente troféu às conquistas no Brasileirão (campeonato brasileiro), na Taça Libertadores (após um jejum de 38 anos), na Supertaça, na Taça Guanabara e na Recopa Sul-Americana.
Apesar do novo triunfo, por estes dias, o principal destaque no emblema carioca prende-se com a grande possibilidade de este ter sido o último jogo do técnico luso à frente da equipa rubro-negra. 

Jesus tem sido apontado como o principal alvo do Benfica, e a imprensa brasileira falou mesmo numa mudança de comportamento por parte do técnico desde que ficou conhecido o interesse dos encarnados. 

A verdade é que a postura de JJ após a vitória na madrugada de quinta-feira deu ainda mais força à teoria da despedida. Além do semblante fechado e de ter estado quase sempre à margem dos festejos, o abraço sentido entre o treinador e o atacante Gabigol também foi um dos momento que aumentou ainda mais os rumores acerca da saída do português.
O presidente do Fla, Rodolfo Landim, voltou a ser confrontado com a hipótese de perder o técnico e voltou a responder da mesma forma que tinha feito na última semana: “Segunda-feira vai estar a treinar a equipa e terça-feira na apresentação oficial da nova temporada”. 

Já Jorge Jesus abordou a conquista como o “último título que faltava”, sem nunca falar diretamente sobre o futuro. “Parabéns ao Flamengo e também ao nosso rival, que foi muito competente e obrigou-nos a jogar nos limites. O nosso objetivo era vencer este troféu, o último que faltava, principalmente a mim, que nunca ganhei um estadual”, afirmou.
Jesus deverá viajar nos próximos dias para Lisboa para gozar um período de férias, altura que o Benfica vai aproveitar para fechar definitivamente contrato com o treinador. 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×