10/8/20
 
 
Liga dos Bombeiros alega mau funcionamento de equipamento de proteção de bombeiros feridos e quer inquérito

Liga dos Bombeiros alega mau funcionamento de equipamento de proteção de bombeiros feridos e quer inquérito

Jornal i 14/07/2020 20:25

Organização alega que o equipamento de proteção dos operacionais não cumpriu a sua missão.

A Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP) pediu, esta terça-feira, ao Ministério da Administração Interna para abrir um inquérito às circunstâncias em que dois bombeiros ficaram feridos, um deles em estado grave, no incêndio em Castro Verde, Beja, esta segunda-feira.

“Lamentavelmente, mais dois Bombeiros sofreram queimaduras no incêndio rural que ocorreu em Castro Verde, no dia 13 de julho, um deles em mais de 70% do corpo, quando de forma denodada e com alto profissionalismo, combatiam contra um inimigo brutal e traiçoeiro”, sublinha a LBP, em comunicado.

"Presumivelmente o equipamento de proteção individual (EPI) não terá cumprido a missão de proteção aos bombeiros, pelo que a LBP já solicitou ao Ministro da Administração Interna que seja aberto um rigoroso inquérito a este acidente e que o EPI seja enviado para o CITEVE (laboratório da especialidade), para a devida análise técnica", acrescenta aquela organização, presidida por Jaime Marta Soares.

A abertura do inquérito destina-se a "apurar rigorosamente a qualidade do equipamento".

Recorde-se que estes dois bombeiros ficaram feridos, pouco tempo depois da morte de um operacional num fogo na serra da Lousã, que deflagrou no sábado, que feriu também outros três elementos.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×