13/8/20
 
 
Campeonato. O ponto final desta história pode até chegar no conforto do sofá

Campeonato. O ponto final desta história pode até chegar no conforto do sofá

SOL 13/07/2020 11:35

A um ponto do título, oFC Porto defronta o Sporting na quarta-feira. Porém, os azuis-e-brancos até podem conquistar a Liga antes do clássico, no Dragão: para isso, o Benfica tem de perder ou empatar na receção ao V. Guimarães, esta terça-feira.

Há nove pontos em jogo até ao final da Liga portuguesa e, destes, o FCPorto precisa apenas de um para conquistar o título. Noutro cenário, o dragão pode até vencer a prova ainda antes de voltar a entrar em campo. Com o clássico entre FC Porto e Sporting a fechar a jornada 32 do campeonato, na próxima quarta-feira, ainda antes será a vez de o Benfica defrontar o V. Guimarães (terça-feira). Caso os encarnados percam ou empatem, os azuis-e-brancos sagram-se matematicamente campeões... no conforto do sofá. Com oito pontos a separar o primeiro e o segundo classificados, já arrancou a contagem decrescente para oficializar o óbvio novo campeão.

Sérgio Conceição está a um pequeno passo (ou ponto, literalmente) de registar a segunda vitória no principal escalão do futebol português. Otreinador de 45 anos venceu pela primeira vez a Liga em 2017/18, naquela que foi a sua época de estreia nos azuis-e-brancos. Na altura, o antigo internacional português rendeu Nuno Espírito Santo no comando técnico da equipa e impediu que os encarnados festejassem o inédito pentacampeonato. 

Por estes dias, o técnico natural de Coimbra prepara-se para carimbar o selo de campeão, precisamente da mesma forma que havia sido surpreendido na última época – após recuperar sete pontos de desvantagem para o então líder Benfica. 

Sérgio Conceição está, assim, muito perto de vencer o seu terceiro troféu na sua terceira época à frente da equipa principal do clube portista (e na carreira de treinador), depois de ter também alcançado a Supertaça 2018/19, após vitória (3-1) sobre o Aves.

Depois do jogo diante dos leões de Rúben Amorim, o dragão ainda vai medir forças com o Moreirense (casa), seguindo-se o embate com o Sp. Braga (fora) na 34.a e última jornada do campeonato, prevista para 26 de julho.
Taça de Portugal em casa O último jogo da presente temporada vai acontecer uma semana depois de ficar concluída a primeira Liga. A final da Taça de Portugal entre Benfica e FC Porto vai realizar-se a 1 de agosto no Estádio Cidade de Coimbra, palco escolhido após o Jamor ter chumbado nos testes de segurança anti-covid-19.

Nascido e criado em Ribeira de Frades, em Coimbra, Sérgio Conceição pode carimbar a dobradinha em casa. Já com o campeonato no bolso, os azuis-e-brancos preparam-se para disputar o segundo troféu da época. Também o clube da Luz irá procurar consolar os adeptos, tentando despedir-se desta época da forma como começou, a vencer: em agosto de 2019, a águia vencia a Supertaça após goleada (5-0) no dérbi frente ao Sporting.

De sublinhar que os vizinhos da Segunda Circular têm encontro marcado na última ronda da Liga, na Luz. Apesar de a equipa agora comandada por Nélson Veríssimo ter o segundo lugar da competição praticamente assegurado (está à distância de um ponto), o encontro poderá ser decisivo nas contas para o último lugar do pódio. Atualmente, os leões fecham-no com 59 pontos, mais três do que o Sp. Braga: além das partidas com FCPorto e Benfica, o emblema de Alvalade defronta ainda o V. Setúbal. 
Campeão em título da Taça de Portugal, o Sporting está cada vez mais perto de perder este estatuto. 
Com 17 troféus conquistados na prova, os leões podem ser apanhados pelo FC Porto em caso de vitória sobre o Benfica. O dragão tem atualmente 16 vitórias na prova-rainha do futebol português, enquanto os encarnados são recordistas, com 26 títulos na competição.
O dragão venceu pela última vez em 2010/11, com vitória gorda (6-2) sobre o V. Guimarães. Aliás, nessa época, o FC Porto registava o terceiro título consecutivo na prova – antes daquela goleada, sob o comando técnico de André Villas-Boas, os azuis-e-brancos tinham vencido em 2009/10 e 2008/09, ao Desportivo de Chaves (2-1) e ao Paços de Ferreira (1-0), respetivamente, com Jesualdo Ferreira enquanto treinador. 
Já o Benfica conquistou a prova pela última vez em 2016/17 após bater (2-1) o V. Guimarães. 
O jogo decisivo da Taça de Portugal vai ser, de resto, a verdadeira prova de fogo para o treinador interino Nélson Veríssimo que, depois deste clássico – e independentemente do resultado –, vai deixar o cargo de técnico principal dos encarnados, que assumiu após saída de Lage.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×