21/9/20
 
 
Pintura de Vieira da Silva ficou por vender em leilão

Pintura de Vieira da Silva ficou por vender em leilão

12/07/2020 15:00

Leilão da Christie´s realizou-se na passada sexta-feira. O óleo da artista portuguesa foi à praça com uma estimativa de venda entre 600 e 800 mil euros.

Em tempos de pandemia, a Christie’s resolveu tornar os seus leilões globais - ou seja, decorrerão em simultâneo em Hong Kong, Paris, Londres e Nova Iorque. O primeiro destes eventos - que se realizam tanto online como com alguma presença física - teve lugar na passada sexta-feira e entre o leque de obras levadas à praça estava o óleo Tours d’arme, da pintora portuguesa Maria Helena Vieira da Silva (1908-1992).

O quadro  datado de 1954 e que mede com 73,2 por 92 centímetros tinha uma estimativa de venda entre 600 mil e 800 mil euros, mas acabou por não ser vendido.  Inicialmente comprado à Galerie Pierre, de Paris, em 1960, tinha sido adquirido há sete anos pelo atual proprietário. Na altura, custou 445 mil euros. No leilão de sexta-feira, foram licitadas obras de artistas como Robert Rauschenberg, Alexander Calder, Georgia O´Keefe, Jean-Michel Basquiat ou Lucio Fontana.

Em fevereiro deste ano, o quadro da artista portuguesa L’Incendie II, ou Le Feu (1944) – uma das mais importantes obras de Vieira da Silva – foi vendido num leilão da Sotheby’s, em Londres, por 1,9 milhões de euros.

 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×