7/5/21
 
 
Presidente da Câmara de Seoul encontrado morto depois de ser acusado de assédio sexual

Presidente da Câmara de Seoul encontrado morto depois de ser acusado de assédio sexual

AFP Jornal i 09/07/2020 19:14

Político sul-coreano tinha desaparecido esta quinta-feira de manhã. Um dia antes, tinha sido acusado de assédio sexual.

Park Won-soon, presidente da Câmara de Seoul, capital da Coreia do Sul, foi encontrado morto, esta quinta-feira, depois de a família ter reportado o seu desaparecimento.

De acordo com a agência de notícias Yonhap, o corpo do político sul-coreano, de 64 anos, foi encontrado no norte de Seongbuk-dong, onde tinha sido localizado o último sinal de seu telemóvel.

Foi a filha de Park Won-soon, Park Da-hee, que denunciou o desaparecimento do pai à polícia, dando conta que este tinha deixado “a casa havia quatro ou cinco horas depois de dizer palavras que soavam como um testamento” e que “o seu telemóvel estava desligado”.

Park Won-soon tinha deixado a sua residência oficial durante a manhã e havia cancelado um encontro que tinha agendado.

Segundo o New York Times, esta quarta-feira, duas redes de televisão coreanas noticiaram que Park estava a ser processado por uma secretária por assédio sexual. Segundo a acusação, o caso teria ocorrido em 2017.

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×