13/8/20
 
 
Receita. Viver a vida repleta de cor, alegria, energia, vitalidade e muito sabor!

Receita. Viver a vida repleta de cor, alegria, energia, vitalidade e muito sabor!

Chef Sílvia Ferreira-Campos 08/07/2020 11:55

Os frutos e legumes roxos são ricos em antocianinas, que são pigmentos naturais de plantas que fornecem alimentos com a sua cor única. Estudos demonstraram que as antocianinas podem beneficiar a saúde do cérebro e ajudar a diminuir a inflamação, entre outras doenças.

Esta é, sem dúvida, a essência da vida – pelo menos, é o que acho. E o sabor aliado a saúde, então, melhor ainda. Na receita desta semana destaco a batata roxa, que não só é vibrante e versátil como também nutritiva.

Os frutos e legumes roxos são ricos em antocianinas, que são pigmentos naturais de plantas que fornecem alimentos com a sua cor única. Estudos demonstraram que as antocianinas podem beneficiar a saúde do cérebro e ajudar a diminuir a inflamação, entre outras doenças.

As batatas roxas são originalmente do Peru – aliás, fala-se de mais de 1300 variedades de batata, sem dúvida, todas boas. Mas estas são daqui, de Mação, o que torna tudo melhor ainda – por isso, comer local.

E porque acredito na simplicidade dos ingredientes e em métodos de cozinhar que contribuam para que possamos desfrutar sempre de mais sabor, a sugestão desta semana é uma simples salada de legumes.

Se não tiver batata roxa, não importa: lembre-se que o mais importante é comer o arco-íris. Use e abuse das cores que a mãe natureza oferece.

 

Salada de Batata Roxa e Legumes Assados

Ingredientes

1 abóbora-menina pequena cortada em cubos com tamanho de dentada

2 curgetes médias

6 batatas roxas

1 cebola roxa

Laranja

Azeite

Pimenta-preta de moinho

Flor de sal

 

Método

Preaqueça o forno a 220 ºC. Num tabuleiro de assar disponha os legumes. Corte a cebola de forma que as camadas fiquem juntas, o que vai permitir que asse ao mesmo tempo. Tempere com azeite extravirgem, sal e pimenta-preta acabada de moer. Misture delicadamente e não deixe que os ingredientes fiquem uns em cima dos outros, mas também não com muito espaço (queremos que fiquem “apertadinhos”) e coloque no forno. Asse até obter uma cor dourada e os legumes estarem macios. Preste atenção à cozedura porque pode variar, mas em 45 minutos deverão estar prontos. Pode usar o broiler para finalizar e dar aquele toque extra de sabor.

Sirva quente, com uma dose generosa de sumo de laranja ou limão, sal, pimenta acabada de moer. Regue com o restante azeite do tabuleiro ou adicione mais um fio de azeite.


Eu tinha restos de quinoa e servi também para acompanhar.

 

Sugestão: Asse sempre abóbora a mais, que poderá depois usar em sopas ou patés.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×