13/8/20
 
 
Seninho e Totói. Encontro inesperado entre a Rua do Adeus e a Travessa da Saudade...

Seninho e Totói. Encontro inesperado entre a Rua do Adeus e a Travessa da Saudade...

Afonso de Melo 07/07/2020 09:05

No espaço de 24 horas a morte levou duas figuras do futebol português, uma do FC Porto, a outra do União de Tomar.

Morreram ao mesmo tempo. Totói partiu primeiro, na sexta-feira, dia 3. Era mais velho. Abriram-lhe os portões da planície da eternidade aos 81 anos. Seninho seguiu-o, 24 horas mais tarde, com apenas 71. António Eduardo Fortes, o Mãozinha, sofreu a injustiça do olvido. Nunca ninguém o conheceu pelo nome com que o batizaram no Mindelo, em Cabo Verde, a 13 de outubro de 1938: era o Totói e mais nada. Também nunca ninguém conheceu Arsénio Rodrigues Jardim pelo nome que lhe deram a 1 de julho de 1949, em Sá da Bandeira, Angola: era o Seninho e chegava. Volta e meia havia quem se lembrasse dele. Foi campeão pelo FC Porto, jogou no Cosmos de Nova Iorque, lado a lado com Pelé e Beckenbauer.

O destino tem destas coisas e a Senhora da Gadanha não dorme nunca. Vem lá do lugar sinistro onde exala o seu hálito fétido de morte e leva quem lhe dá na gana, sem dar satisfações. Totói e Seninho; Seninho e Totói. Estranho e inesperado encontro entre a Rua do Adeus e a Travessa da Saudade.

Totói veio de África com o irmão gémeo, o Djunga. Passou pelo Lusitano de Évora, pelo Farense e por outros mais miúdos: Tramagal, Peniche, Fátima, Marrazes... Em 1964 foi para Tomar, jogar no União. Quando era miúdo, eu gostava muito do União de Tomar. Não sei se por causa do equipamento, às riscas grossas, pretas e vermelhas, se por causa do nome, se por viver em Benavente e o União ser o ribatejano da i Divisão. Certamente, também por causa de Totói. O avançado que não tinha uma mão, a esquerda. Chamaram-lhe o Eusébio de Tomar antes de o verdadeiro Eusébio ter jogado nas margens do Nabão.

Seninho veio de África em 1969 – onde voltou para o serviço militar, jogando no FC Moxico – para jogar no FC Porto.

Leia o artigo completo na edição impressa do jornal i. Agora também pode receber o jornal em casa ou subscrever a nossa assinatura digital.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×