13/8/20
 
 
Cacém. Agentes da PSP agredidos por família que quebrou confinamento obrigatório

Cacém. Agentes da PSP agredidos por família que quebrou confinamento obrigatório

Dreamstime Jornal i 01/07/2020 23:00

Família quebrou confinamento obrigatório imposto pela Autoridade de Saúde para ir às compras.

Agentes da Polícia de Segurança Pública (PSP) foram agredidos por uma família, no Cacém, quando foram chamados a responder a uma situação de incumprimento do confinamento obrigatório, esta terça-feira. A família, três homens e uma mulher, com idades entre os 17 e os 55 anos, ter-se-ão ausentado de casa para ir às compras.

Em comunicado, esta terça-feira, a força de segurança explica que, “no âmbito das regras estabelecidas por causa da situação atual, os agentes da PSP foram alertados para o incumprimento do confinamento obrigatório imposto por Autoridade de Saúde dado que uma família se terá ausentando do domicílio para ir às compras. Confirmando a situação de incumprimento e por conseguinte, o crime de desobediência, os agentes deslocaram-se à habitação onde foram de imediato injuriados por um dos suspeitos que impediu a verificação dos confinamentos”.

Após várias tentativas de explicar o motivo da presença da PSP, um dos agentes foi empurrado, agredido com socos na face e tronco.

“Na tentativa de proceder à detenção do suspeito, os outros agentes foram igualmente agredidos pelos outros suspeitos que se encontravam no interior da habitação e que, por meio de empurrões, socos e bofetadas, tentaram impedir a detenção do primeiro”, acrescenta a PSP.

Um dos agentes teve necessidade de receber tratamento ambulatório devidos às agressões sofridas, tendo os outros dois ficado com escoriações e lesões traumáticas.

Os quatro familiares foram detidos por serem suspeitos da prática do crime de resistência e coação sobre funcionário.

 

 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×