7/8/20
 
 
Avaliação bancária sobe três euros. Está nos 1114 euros por metro quadrado

Avaliação bancária sobe três euros. Está nos 1114 euros por metro quadrado

Mafalda Gomes Jornal i 29/06/2020 12:47

Instituto Nacional de Estatística diz que “dadas as circunstâncias atuais, o número de avaliações bancárias consideradas ascendeu a 19”, um número inferior ao mês anterior em 21%.

O valor mediano de avaliação bancária das casas registou uma subida de três euros no mês de maio face ao mês anterior e está agora nos 1114 euros por metro quadrado.

Os dados foram divulgados esta segunda-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) que revela ainda que o valor representa uma subida de 0,3% face a abril e um crescimento de 8,9% quando comparado a igual período do ano passado.

“Refira-se que, dadas as circunstâncias excecionais, o número de avaliações bancárias consideradas ascendeu a cerca de 19 mil, menos 21% que no mesmo período do mês anterior”, avança ainda o gabinete de estatística.

A nível regional, o maior crescimento face ao mês anterior foi verificado no Alentejo, com um aumento de 3,1%. Já a única região onde foi observada uma descida foi a Região Autónoma da Madeira (-0,5%).

A taxa de variação homóloga mais elevada para o conjunto das avaliações foi registada na Área Metropolitana de Lisboa (11,2%). Do lado contrário está o Alentejo, com 2,5%.

O INE acrescenta também que, em maio, o valor mediano de avaliação bancária de apartamentos foi de 1212 euros por metro quadrado, um crescimento de 9,4% face ao mês homólogo.

Também aqui o valor mais elevado foi registado na Área Metropolitana de Lisboa, com 1485 euros por metro quadrado, e o mais baixo no Alentejo, com 864 euros por metro quadrado.

Já no que diz respeito às moradias, o valor mediano da avaliação bancária foi de 953 euros por metro quadrado, o que significa uma subida de 8% em relação mesmo mês do ano anterior. Os valores mais elevados observaram-se no Algarve (1 612 euros por metro quadrado) e na Área Metropolitana de Lisboa (1 485 euros por metro quadrado). Mais uma vez o Alentejo registou o valor mais baixo com 805 euros por metro quadrado.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×