29/11/20
 
 
Parlamento chumba proposta que visa redução do número de alunos por turma no próximo ano letivo

Parlamento chumba proposta que visa redução do número de alunos por turma no próximo ano letivo

jornal i 24/06/2020 19:44

O PS, o PSD, o CDS e o Chega chumbaram a proposta bloquista. 

O projeto de lei apresentado pelo Bloco de Esquerda, que previa a redução do número de alunos por turma, foi chumbado, esta quarta-feira, no Parlamento. A proposta, com votos a favor do PCP, PAN e PEV, não passou com os votos contra do PS, PSD, CDS, Chega e a abstenção da Iniciativa Liberal e da deputada não inscrita Joacine Katar Moreira.

Existem entre 24 a 28 alunos por turma, dependendo dos níveis de ensino, e o partido liderado por Catarina Martins propôs que fosse feita uma diminuição para entre 15 a 20 alunos por turma no próximo ano letivo. Joana Mortágua diz que esta mudança é "essencial" para salvaguardar a segurança dos alunos em tempos de pandemia provocada pelo aparecimento da covid-19.

Já Margarida Balseiro Lopes, do PSD, argumentou que essa decisão "não cabe ao Parlamento" e sim ao Governo e às autoridades de saúde. Também Porfírio Silva, do Partido Socialista, defende que não se sabe quais serão "as condições sanitárias daqui a três meses", logo, não deve ser feita nenhuma decisão agora e diz que cada escola deve tomar uma decisão individual sobre o seu estabelecimento. "Quando neva em Trás-os Montes não se fecham escolas no Algarve", disse. 

O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, não esteve presente no debate mas foi bastante criticado pelos deputados presentes, visto ainda não serem conhecidas medidas para o regresso às aulas presenciais no ano letivo de 2020/2021, que terá início entre o dia 14 a 17 de setembro. 

 

 

 

 

Ler Mais


Especiais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×