23/10/20
 
 
Preços das casas subiram mais de 10% no primeiro trimestre

Preços das casas subiram mais de 10% no primeiro trimestre

Mafalda Gomes Jornal i 23/06/2020 11:53

Pouco antes do estalar da pandemia de covid-19 em Portugal, preços das casas continuaram a subir.

No primeiro trimestre desde ano, que já inclui o início da pandemia de covid-19, os preços das casas em Portugal registaram um crescimento de 10,3%, segundo dados divulgados esta terça-feira no Índice de Preços da Habitação do Instituto Nacional de Estatística (INE).

Em termos homólogos, este crescimento significa mais 1,4 pontos percentuais do que no trimestre anterior e o gabinete de estatística revela ainda que, no período em análise, os preços das habitações existentes cresceram a um ritmo superior às habitações novas, com uma subida de 10,6% e 8,9%, respetivamente.

Em relação ao trimestre anterior, o Índice de Preços cresceu 4,9%. “O aumento dos preços foi observado em ambas as categorias de habitações tendo sido mais expressivo no caso das novas (6,0%) por comparação com as existentes (4,7%)”, revela o gabinete de estatística.

Ainda nos primeiros três meses deste ano, foram transacionados 43 532 alojamentos no valor de 6,8 mil milhões de euros, o que corresponde a taxas de variação homóloga de -0,7% e +10,4%.

No entanto, janeiro e fevereiro observaram aumento homólogos do número de transações (9,4% e 3,5%, respetivamente) e do respetivo valor (21,5% e 13,5%, pela mesma ordem).

Já em março o número de transações e o respetivo valor reduziram-se 14,1% e 3,3% face ao mesmo mês do ano passado.

“O comportamento das vendas de habitações neste trimestre poderá ter sido condicionado pelas restrições impostas pelo estado de emergência, decretado a 19 de março, no contexto da pandemia covid-19”, justifica o INE.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×