30/10/20
 
 
Túmulo de escravo negro vandalizado em Inglaterra em "ataque de retaliação"

Túmulo de escravo negro vandalizado em Inglaterra em "ataque de retaliação"

Jornal i 18/06/2020 21:14

Duas lápides em memória de Scipio Africanus, que viveu em Bristol no séc. XVIII, foram esmagadas.

As autoridades britânicas informaram esta quinta-feira que o túmulo de um homem africano escravizado foi vandalizado num aparente "ataque de retaliação", depois de manifestantes na cidade de Bristol terem derrubado a estátua de um proeminente comerciante de escravos.

Duas lápides em memória de Scipio Africanus, que viveu em Bristol no séc. XVIII, foram esmagadas. Nas proximidades, uma mensagem escrita a giz pede que a estátua de Edward Colston fosse recolocada ou "as coisas vão mesmo começar a aquecer".

O memorial pintado de brilhante, num cemitério em Henbury, Bristol, está listado como uma estrutura de interesse histórico a ser preservado.

"Parece um ataque de retaliação pelos recentes eventos envolvendo a estátua de Colston", afirmou o funcionário local Mark Weston.

A polícia disse que recebeu um relatório de danos criminosos num monumento na Igreja Paroquial de Henbury, acerca de um incidente que creem ter acontecido entre terça-feira e quarta-feira, apelando a quem tiver informações para as partilhar.

Marvin Rees, o autarca local, descreveu o memorial como um "pedaço histórico da história de Bristol", enquanto a Diocese da cidade disse ter ficado "chocada e entristecida" ao saber dos danos.

A agência governamental Historic England apontou que o túmulo fornecia provas valiosas à pesquisa sobre a "turva história primitiva dos negros em Inglaterra". Além disso, classificou-o como um exemplo inicial de um memorial a um homem nascido em escravidão e que acabou a sua vida como servo na casa de um aristocrata inglês, tendo falecido a 12 de dezembro de 1720.

"Sabemos muito pouco sobre a vida individual de homens, mulheres e crianças trazidas para Inglaterra como escravos. As sepulturas representam uma das poucas formas de provas tangíveis acerca da existência de escravos em Inglaterra e tais sepulturas são raras; a grande maioria morreu sem deixar rasto. Este registo da história de Scipio Africanus serve para nos lembrar das muitas histórias que foram perdidas", publicou a agência Historic England, no seu sítio oficial na internet.

No início deste mês, manifestantes que participavam nos protestos de "Black Lives Matters" ("Vidas Negras Importam") derrubaram uma estátua de bronze de Colston no centro da cidade de Bristol, tendo arrastado a mesma e a atirado para a água.

As autoridades da cidade recuperaram a estátua e disseram que ela vai ser exibida num museu, juntamente com cartazes do protesto antirracista.

 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×