31/7/21
 
 
José Cabrita Saraiva 18/06/2020
José Cabrita Saraiva
Opiniao

jose.c.saraiva@ionline.pt

Tirar o pão da boca de Centeno

Ontem, o Parlamento agendou para o dia 3 de julho a votação de um diploma que pode, em teoria, impedir a nomeação de Mário Centeno para o cargo de governador do Banco de Portugal (BdP).

Ontem, o Parlamento agendou para o dia 3 de julho a votação de um diploma que pode, em teoria, impedir a nomeação de Mário Centeno para o cargo de governador do Banco de Portugal (BdP). O assunto divide opiniões. O PAN tem-se revelado o partido mais empenhado em fechar as portas do BdP a Centeno, mas não tem conseguido recolher grandes apoios. Mesmo aqueles de quem se esperaria uma mais acirrada oposição à transferência já se mostraram dispostos a ceder. Será que mostrariam a mesma boa vontade se isto se passasse com um ex-ministro de um Governo da direita? Quanto ao mais, há que reconhecer toda a razão ao primeiro-ministro quando defendeu que seria “inaceitável” que se aprovasse à pressa uma lei ad hominem apenas para afastar Centeno do cargo. Subscrevo. Julgo até que qualquer pessoa séria e com um mínimo de isenção reconhecerá que Centeno preenche todas as condições para fazer um bom mandato. Foi um bom ministro das Finanças e será com certeza um bom governador. 

Leia o artigo completo na edição impressa do jornal i. Agora também pode receber o jornal em casa ou subscrever a nossa assinatura digital.


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×