19/6/21
 
 
Dezenas de soldados mortos na fronteira entre a China e índia

Dezenas de soldados mortos na fronteira entre a China e índia

AFP Jornal i 16/06/2020 19:05

A região de Ladakh há muito que é disputada entre a China e a Índia, sendo palco de tensas confrontações fronteiriças, mas já não morria um soldado há mais de 45 anos.

Duas dezenas de tropas indianas e 47 chinesas morrera quando se confrontavam na região fronteiriça de Ladakh, na Caxemira, disputada há décadas por ambos os países, avançou a Asian News International. Nas últimos meses, já tinha havido confrontos físicos entre soldados de ambos os países, mas trata-se das primeiras mortes nos últimos 45 anos. 

De um lado, a Índia acusou os chineses de “unilateralmente mudarem o statu quo” na região, enquanto a China acusou os indianos de entrar no seu território. O problema é que não é certo que território é este: recentemente, Nova Deli decidiu construir uma estrada na remota região disputada, acelerando outros projetos para infraestruturas, facilitando o transporte de tropas e armamento e enfurecendo Pequim.

Face aos confrontos, a liderança de ambas as forças armadas já prometeram reunir-se para tentarem diminuir o atrito. Ambos os lados salientaram que não foi disparado um único tiro - apesar disso parecer improvável, dado que falamos de dezenas de soldados mortos. O objetivo da descrepância pode ser querer evitar uma guerra fronteiriça semelhante à travada em 1962, entre a China de Mao Tsé-Tung e a Índia de Jawaharlal Nehru.

Ler Mais


Especiais em Destaque

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×