3/7/20
 
 
9 de junho de 1962. Brigitte Bardot escreveu sobre BB na primeira pessoa do singular

9 de junho de 1962. Brigitte Bardot escreveu sobre BB na primeira pessoa do singular

Afonso de Melo 09/06/2020 09:04

Desafiada por uma revista francesa a escrever sobre si própria, BB não se acanhou. Alinhou os papéis e lançou-se à prosa. Na altura foi um exclusivo mundial que deu que falar. A frivolidade tem destas coisas incompreensíveis....

“Eu, Brigitte. Comecei a fazer filmes aos 17 anos, hoje tenho 26 e já fiz 26 filmes. Ao início, fui maltratada. Não havia um diretor sequer que quisesse contratar-me. Ouvi de muitos, cruelmente, ‘nunca serás ninguém!’ Sou mais forte do que isso.

Quando filmei A Grande Manobra, as coisas começaram a acontecer. Estive bem nesse filme. Muito bem. Mas veio ainda melhor – Apanhando Malmequeres, E Deus Criou a Mulher... Ah! Isso sim, trouxe-me fama.

Casei-me muito cedo. Com apenas 19 anos, com o realizador Roger Vadim. Vadim ensinou-me muito. Sejamos francos: Roger Vadim inventou a B.B. Acredito, ainda assim, que teria tido uma carreira sem ele. Nem que fosse de corista"

 

 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×