2/3/21
 
 
Maio passado foi o mais quente desde que há registo

Maio passado foi o mais quente desde que há registo

Jornal i 05/06/2020 11:23

Temperaturas "muito anormais" na Sibéria, com quase 10°C acima do habitual.

O mês anterior foi o maio mais quente registado, segundo o serviço europeu de mudanças climáticas Copernicus, que registou temperaturas muito acima das normais em comparação com os anos anteriores, especialmente no Ártico.

"O mês de maio foi 0,63°C mais quente do que a média no mesmo mês dos anos 1981-2010, o que o torna o mês de maio mais quente desde o início da recolha de dados", à frente de maio de 2016 e maio de 2017, adiantou, esta sexta-feira, o Copernicus através de um comunicado.

Aquela entidade alerta para o fato de terem sido registadas temperaturas "muito anormais" na Sibéria, com quase 10°C acima do habitual. No noroeste da região, a quebra de gelo nos rios Ob e Yenisei (Sibéria) nunca havia começado tão cedo, informou o Copernicus.

Sublinhe-se que o ano de 2019 foi o segundo mais quente do mundo, depois de 2016, e a previsão é a de que a temperatura média global quebre um novo recorde no próximo período de cinco anos (2020-2024).

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×