10/7/20
 
 
"Lamento os mortos, mas é o destino de todo o mundo". A frase de Bolsonaro para confortar familiares enlutados

"Lamento os mortos, mas é o destino de todo o mundo". A frase de Bolsonaro para confortar familiares enlutados

AFP Jornal i 03/06/2020 14:17

A ideia do Presidente do Brasil de uma mensagem de conforto aos familiares das vítimas da covid-19 é referir que a morte é inevitável para todos.

O Brasil voltou a atingir novo recorde de mortes diárias por covid-19, após terem morrido 1.262 pessoas em 24 horas, e Bolsonaro relativizou a situação, como tem feito sempre que é confrontado com os números trágicos da epidemia no país.

O presidente lamenta “todos os mortos”, mas acrescenta: “é o destino de todo o mundo".



As declarações foram feitas à porta do Palácio da Alvorada, residência oficial do presidente na capital, Brasília.

O Brasil é dos países mais afetados pela pandemia de covid-19, quer em número de mortes, que são já mais de 31 mil, quer em número de infetados, cujo número é superior a 555 mil.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×