10/7/20
 
 
Braga. A 28 ou a 1, tanto faz, a festa é e será sempre em Maio!!!

Braga. A 28 ou a 1, tanto faz, a festa é e será sempre em Maio!!!

Afonso de Melo 28/05/2020 08:47

Faz hoje 70 anos que se inaugurou uma das obras do Estado Novo dedicadas ao futebol. Uma espécie de Estádio Nacional no Minho.

Mais um motivo de ufania para a nação. Na face do novo estádio de Braga, que o arquitecto João Simões quis que rivalizasse em beleza de grandiosidade com o Estádio Nacional, no Jamor, foi colocado um enorme cartaz: “Deus cria; o homem tenta; a obra nasce”. Uma planta simétrica numa estrutura em granito e betão armado, com bancadas descobertas e uma pista de atletismo em redor do relvado. Nas partes laterais da entrada, dois painéis de bronze da responsabilidade do arquitecto Barata Feyo.

Dia 28 de Maio de 1950. Cumprem-se hoje 70 anos. Comemorava-se o 21º aniversário da Revolução de 1946. O presidente do conselho, António Oliveira Salazar, e o Presidente da República, Óscar Carmona, estão presentes, como não podia deixar de ser. Dão à inauguração do recinto um inimitável toque de imponência governamental. O domingo estalava de sol. Às 15 horas em ponto, os atletas começam a surgir em campo. E 800 membros da Mocidade Portuguesa, divididos em grupos, desfilam perante a bancada presidencial com um orgulho emocionado pelas suas fardas bem engomadas. Seguem-se as representações dos clubes e das suas modalidades, como o Sporting de Braga à frente, na sua qualidade de anfitrião.

Leia o artigo completo na edição impressa do jornal i. Agora também pode receber o jornal em casa ou subscrever a nossa assinatura digital.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×