10/7/20
 
 
Union Berlim. Na casa do velho guarda florestal

Union Berlim. Na casa do velho guarda florestal

Afonso de Melo 27/05/2020 09:10

Estreantes na Bundesliga, são os Homens de Ferro. A sua história foi profundamente abalada pela Guerra Fria.

Pela primeira vez na sua história, o Union Berlim participa, este ano, na i Bundesliga. Aquele que foi durante vários anos o clube mais poderoso da antiga República Democrática Alemã tem um percurso confuso ao longo dos tempos. Se espreitarmos os registos, surge-nos como data de fundação o dia 20 de janeiro de 1966. Mas as suas raízes são incomparavelmente mais antigas.

Em Oberschöneweide, bairro industrial de Berlim, surgiu o FC Olympia, a equipa dos ferreiros, que ganhou rapidamente essa alcunha: Schlosserjungs. Aliás, a ligação do Union moderno a esse seu antecessor é tão forte que os jogadores e adeptos do clube são ainda hoje conhecidos por Die Eisernen, os Homens de Ferro. Data desse tempo o grito de guerra que se pode ouvir no Stadion An der Alten Försterei, onde disputam os seus jogos caseiros: “Eisern Union!” (União de Ferro). Um grito de orgulho, sobretudo. Porque, ao contrário dos outros clubes principais de Berlim, como o Viktoria 89, o Blau-Weiss, o BSV 92 ou o Tennis Borussia, o Olympia representava a classe trabalhadora e batia-se contra as instituições vaidosas da pequena burguesia.

Leia o artigo completo na edição impressa do jornal i. Agora também pode receber o jornal em casa ou subscrever a nossa assinatura digital.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×