10/7/20
 
 
Centeno otimista em relação à recuperação económica da UE

Centeno otimista em relação à recuperação económica da UE

Jornal i 24/05/2020 20:07

Em entrevista a jornal alemão, presidente do Eurogrupo diz considerar o plano franco-alemão como “passo importante” mas admite negociações difíceis.

O presidente do Eurogrupo mostrou-se otimista no que diz respeito à recuperação económica da União Europeia devido à pandemia. Em entrevista ao jornal alemão Welt am Sonntag, Mário Centeno, falou numa “recuperação relativamente rápida” da crise.

Além disso, o também ministro das Finanças português falou sobre o plano Merkel-Macron, que considera ser um passo importante para a união fiscal. “A proposta franco-alemã seria um grande passo com vista a uma união fiscal e a uma união monetária que funcione verdadeiramente, ainda que o plano do fundo de reconstrução seja limitado no tempo”, disse Centeno, advertindo, no entanto, que as negociações “não serão fáceis”.

Recorde-se que a chanceler alemã Angela Merkel e o presidente francês Emmanuel Macron sugeriram a criação de um fundo de 500 mil milhões de euros com o objetivo de ajudar os países mais afetados pela pandemia a reconstruir-se economicamente. Esse fundo seria financiado através de títulos de dívida emitidos pela Comissão Europeia e garantidos pelos países membros da UE.

“A proposta de Merkel e de Macron é uma boa notícia para a Europa. O plano é um passo considerável na direção correta para superar esta crise”, destacou Mário Centeno.

No entanto, como o próprio referiu, as negociações não serão fáceis até porque esta proposta não conta com o apoio da Áustria, Dinamarca, Holanda e Suécia, países que propuseram uma outra solução.

Mário Centeno falou ainda sobre o regresso dos turistas alemães a Portugal, algo que prevê que aconteça em breve. “Portugal foi relativamente bem sucedido no combate à pandemia. Estamos agora a trabalhar com a Alemanha e outros países para garantir que o turismo e as viagens aéreas estão prontas e seguras para o período de verão. Portanto, estou certo de que no verão poderemos receber turistas”, defendeu.

Quanto à possibilidade de se recandidatar ao Eurogrupo, o ministro das Finanças português repetiu o que tem vindo a dizer: “Vou informar os meus colegas, durante as próximas semanas, se vou concorrer a um segundo mandato”. Recorde-se que o mandato de Centeno termina a 13 de julho.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×