6/6/20
 
 
Altice. Resultados do 1.º trimestre “são históricos”

Altice. Resultados do 1.º trimestre “são históricos”

Jornal i 21/05/2020 14:17

Operadora diz que vai “continuar a investir” em Portugal. Em relação ao 5G , Alexandre Fonseca considera difícil que  esta tecnologia esteja "comercialmente disponível" este ano.

Para o presidente executivo da Altice Portugal, os resultados do primeiro trimestre “são históricos”. Em causa está o aumento das receitas em 2,6% para 522 milhões de euros. Uma situação que, segundo Alexandre Fonseca, revelam “uma rota de crescimento” da operadora e, ao mesmo tempo, permitem “ter imensa confiança para o futuro”. 

Apesar da pandemia, o responsável garante que a estratégia de investimento é para se manter, depois de ter investido 104,3 milhões de euros nos três primeiros meses do ano, um aumento de 3,4%. E deu números: temos “um nível de investimento sustentado, acima dos 400 milhões de euros anuais” em Portugal. “Este é claramente o maior investimento desta indústria e tem sido canalizado em boa parte para as infraestruturas de fibra ótica”, revelou o CEO, acrescentando que, vai continuar a investir “assim que estejam garantidas as condições para haver esse investimento em Portugal”.

No entanto, lembrou que “é importante que haja investimento público” para garantir universalidade às redes de banda larga fixa e móvel ou, em alternativa, incentivos aos privados. “É importante também ao Estado compreender que este investimento de vários milhões de euros que fomos fazendo ao longo dos últimos anos para infraestruturar o país [com fibra ótica], fazendo verdadeiro serviço público em alguns casos, tem agora de ser complementado”, defendeu o executivo.

Em relação ao 5G acredita que poderá avançar este ano, em termos processuais”, uma vez que, considerou difícil que “esteja comercialmente disponível” em 2020. Alexandre Fonseca considerou também “natural” que haja um “faseamento do pagamento das licenças” de 5G ao longo do tempo, para não estrangular financeiramente as operadoras.

Operadora disponível para ajudar clubes

O CEO revelou também que que a empresa está disponível para conversar com os clubes sobre eventual compensação de dois meses sem campeonato e, assim, ajudar na sua liquidez financeira.

A Altice Portugal patrocina vários emblemas e é uma das detentoras dos direitos de transmissão televisiva dos campeonatos.

"Sempre disse é que a Altice Portugal estaria sempre disponível para a partir do momento em que existisse a retoma do campeonato, a retoma da Liga (...) retomar obviamente os nossos compromissos perante aqueles que são os nossos patrocinados", disse Alexandre Fonseca.

"Essa foi a mensagem que já passámos esta semana àqueles que connosco diretamente trabalham enquanto nossos patrocinados - a disponibilidade da Altice Portugal para retomar o pagamento daquilo que são os contratos relativos aos direitos televisivos a partir do momento em que as competições se reiniciem e a partir do momento que os canais desportivos voltem a estar na sua normal execução junto das famílias e das empresas portuguesas", salientou.

 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×