6/6/20
 
 
Revelados os nove estádios utilizados para disputar o resto da Liga portuguesa

Revelados os nove estádios utilizados para disputar o resto da Liga portuguesa

Jornal i 20/05/2020 12:49

Os estádios aprovados são a Cidade do Futebol, o Estádio D. Afonso Henriques, o Estádio do Dragão, o Estádio João Cardoso, o Estádio José de Alvalade, o Estádio dos Barreiros, o Estádio Municipal de Braga, o Estádio da Luz e o Portimão Estádio.

Foi através de um comunicado publicado pela Liga Portuguesa, esta quarta-feira, dia 20 de maio,que foi anunciado que a Direção-Geral da Saúde já aprovou nove estádios que poderão receber as restantes jornadas do campeonato.

Depois das vistorias realizadas pelas Autoridades Regionais de Saúde, o organismo informou a Federação Portuguesa que nove dos 15 estádios candidatos à retoma do campeonato nacional foram aprovados "e poderão de imediato receber jogos".

Os estádios aprovados são a Cidade do Futebol, o Estádio D. Afonso Henriques, o Estádio do Dragão, o Estádio João Cardoso, o Estádio José de Alvalade, o Estádio dos Barreiros, o Estádio Municipal de Braga, o Estádio da Luz e o Portimão Estádio.

"Quanto aos estádios Bonfim, Capital do Móvel, Cidade de Barcelos, do Clube Desportivo das Aves, do Bessa e do Rio Ave, a DGS indicou um conjunto de correções de que terão de ser alvo para que possam ser novamente vistoriados pelas autoridades de saúde", pode ainda ler-se.

O Santa Clara e do Belenenses SAD vão jogar na Cidade do Futebol, em Oeiras, enquanto o Famalicão vai receber os adversários em Barcelos, e o Moreirense também não vai jogar no seu estádio, sendo Guimarães a hipótese mais forte.

O recomeço da liga está previsoto para o dia 4 de junho e, apesar de ainda não ser oficial, Sónia Carneiro, diretora executiva da Liga Portuguesa de futebol, disse à Rádio Renascença, esta terça-feira, dia 19 de maio, que já está a ser planeado o calendário das dez jornadas que faltam disputar do campeonato com partidas todos os dias.

"Teremos futebol de segunda-feira a domingo, exceto em alguns dias de julho em que não será possível», disse, durante a entrevista, referindo que nesta fase «os adeptos irão matar toda a fome de bola que tiveram durante estes dois meses e meio de confinamento".

 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×