6/6/20
 
 
Charlize Theron não vai regressar ao universo Mad Max

Charlize Theron não vai regressar ao universo Mad Max

Jornal i 18/05/2020 17:07

O filme vai ser uma prequela e vai retratar uma Furiosa mais jovem. George Miller admite ter explorado a ideia de usar o CGI para rejuvenescer Charlize Theron, mas acabou por decidir não fazê-lo.

Após o sucesso de Mad Max: Fury Road começaram a surgir rumores de que o realizador George Miller estaria interessado em criar um spinoff baseado na personagem interpretada no filme por Charlize Theron, Imperator Furiosa. Contudo a atriz não vai interpretar este papel no novo filme da saga. 

Numa entrevista ao The New York Times, George Miller confirmou que pretende avançar com o spinoff, mas acrescentou que será uma prequela e que por esse motivo está a procurar uma atriz mais jovem, na casa dos 20 anos. Miller estará a considerar para o papel Anya Taylor-Joy (The Witch, Peaky Blinders, Thoroughbreds , ...). 

O realizador admitiu que ponderou a possibilidade de recorrer à tecnologia CGI (efeitos visuais) para rejuvenescer Charlize Theron, mas acabou por não se mostrar favorável à sua utilização. 

"Durante muito tempo, pensei que podíamos usar o CGI para rejuvenescer a Charlize, mas acho que ainda não chegámos lá", referiu George Miller a propósito do ponto em que a tecnologia se encontra neste momento. E até exemplificou com um filme que foi lançado no ano passado. 

"Apesar da corajosa tentativa no The Irishman. Penso que ainda é um terreno misterioso. Toda a gente está perto de resolver isto, particularmente os designers de jogos japoneses, mas ainda se trata de um terreno amplo", constatou Miller. 

Este spinoff de Furiosa é um projeto separado da sequela de Mad Max: Fury Road, no qual o realizador já está a trabalhar. Esse filme também vai ser uma sequela e foi intitulado de The Wasteland. Tom Hardy regressa no papel de Max Rockatansky, mas Furiosa não vai aparecer nesta longa-metragem. 

Miller espera retomar a história de Furiosa quando após as filmagens Three Thousand Years of Longing, protagonizado por Tilda Swinton e Idris Elba. Previsto para iniciar as filmagens nesse trimestre, o filme teve a produção adiada quando o medo do coronavírus forçou um desligamento em todo o setor. "Quando terminarmos esse, e esperamos que tudo se resolva em relação à pandemia, veremos o que o mundo nos permite fazer com a Furiosa", disse Miller.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×