3/7/20
 
 
Número de internados já não era tão baixo desde o final de março

Número de internados já não era tão baixo desde o final de março

jornal i 16/05/2020 15:00

Nas últimas 24 horas, 494 pessoas recuperaram da doença. E Marta Temido deixou a mensagem que este número pode vir a ser revisto em alta nas próximas semanas.

Nas últimas 24 horas, foram confirmados mais 227 novos casos, elevando assim o número de pessoas infetadas no país para 28.810. Foi nas regiões de Lisboa e Vale do Tejo (146 novos casos) e do Norte (60 novos casos) onde foram registados mais casos.

Estão internados 657 doentes (menos 16 que ontem), destes 115 encontram-se nos cuidados intensivos (mais três). 80.3% das pessoas infetadas com covid-19 encontram-se no seu domicílio. A última vez que o número de hospitalizados esteve mais baixo foi a 31 de março, quando estavam internadas 627 pessoas.

494 venceram o novo coronavírus nas últimas 24 horas. No total, 3.822 pessoas foram consideradas curadas. A ministra da Saúde, Marta Temido, afirmou, este sábado, que é possível que o número de recuperados seja superior ao conhecido atualmente e que existe a possibilidade deste ser alterado em alta nas próximas semanas.

Nas últimas 24 horas, foram registados mais 13 óbitos, dos quais 11 deles foram pessoas com mais de 80 anos. A taxa de letalidade global é de 4.2% e em pessoas com mais de 70 anos é de 15,5%

A aguardar resultados laboratoriais estão 2.949 pessoas e as autoridades de saúde têm em vigilância 25.419 contactos.

A ministra da Saúde fala em "sinais encorajadores" desde que teve início a primeira fase de levantamento de algumas restrições. O número médio de novos casos, nos últimos cinco dias, foi de 200, o número médio de óbitos registados foi de 12 e o RT foi 0,97%. O número de doentes internados foi de 570 e o número de infetados em Unidades de Cuidados Intensivos foi de 110, afirma Marta Temido.

Atualmente, há seis concelhos com mais de mil casos de contágio, Lisboa continua a ser o que tem maior número de infetados com 1.919 diagnósticos positivos, segue-se Vila Nova de Gaia com 1.475, o Porto com 1.314, Matosinhos com 1.233, Braga com 1.153 e Gondomar com 1.053. 

Casos confirmados:

259 meninos e 253 meninas com menos de 10 anos;
421 rapazes e 484 raparigas entre os 10 e os 19 anos;
1.565 homens e 1.986 mulheres entre os 20 e 29 anos;
1.796 homens e 2.393 mulheres entre os 30 e 39 anos;
1.941 homens e 2.887 mulheres entre 40 e os 49 anos;
1.931 homens e 2.932 mulheres entre os 50 e os 59 anos;
1.494 homens e 1.726 mulheres entre os 60 e 69 anos;
1.127 homens e 1.281 mulheres entre os 70 e os 79;
1.401 homens e 2.928 mulheres casos com mais de 80 anos.
11.940 casos do sexo masculino e 16.870 do sexo feminino

Óbitos:

1 homem entre os 20 e os 29 anos;
7 homens e 6 mulheres entre os 40 e os 49 anos
28 homens e 12 mulheres entre os 50 e os 59 anos;
69 homens e 38 mulheres entre os 60 e os 69 anos;
136 homens e 99 mulheres entre os 70 e os 79 anos;
344 homens e 463 mulheres com mais de 80 anos.
585 óbitos do sexo masculino e 618 do sexo feminino

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×