7/8/20
 
 
Forças de segurança e barreiras vão impedir peregrinos de chegar a Fátima

Forças de segurança e barreiras vão impedir peregrinos de chegar a Fátima

SARA Matos Jornal i 08/05/2020 21:17

Celebração do 13 de Maio em Fátima não vai contar este ano com a presença física de peregrinos no Santuário.

Duarte Cordeiro, secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, revelou, esta sexta-feira, numa entrevista à agência Lusa, que o acesso de peregrinos ao Santuário de Fátima vai ser impedido por barreiras e forças de segurança durante as celebrações do 13 de Maio.

O governante explicou que as barreiras irão impedir a entrada dos peregrinos no acesso a Ourém e dentro de Ourém, no acesso ao Santuário.

"Há uma preocupação. A Igreja e o Santuário de Fátima decidiram celebrar o 13 de Maio na Basílica e no Santuário, mas apenas com convidados. Isso significa que não é desejável que os peregrinos se desloquem a Fátima", disse o secretário de Estado.

Em declarações à agência noticiosa, Duarte Cordeiro destacou que há uma “estreita articulação" do Governo com o Santuário de Fátima e será através do Ministério da Administração Interna que será dado apoio "a uma operação que signifique procurar evitar deslocações a Fátima e que haja uma concentração de peregrinos".

"Vai haver uma operação, que foi desenhada pela Comissão de Proteção Civil do Distrito de Santarém e que vai ter o apoio obviamente das forças de segurança quanto à sua implementação para evitar que, no fundo, haja uma aglomeração de pessoas no Santuário", explicou, acrescentando que a operação "passa por criar barreiras que, no fundo, permitam impedir o acesso por parte de visitantes ao Santuário, uma vez que as celebrações vão ser na Basílica e no Santuário apenas com convidados".

"Isso passa não só por evitar que cidadãos de fora do município de Ourém se desloquem para Fátima", como também criar barreiras que limitem a circulação de peregrinos "dentro do próprio Santuário, porque há hotéis e pode haver pessoas alojadas nos hotéis e também tem que se evitar essa deslocação", explicou.

Recorde-se que de acordo com um despacho publicado na quinta-feira no Diário da República, as celebrações do 12 e 13 de maio no Santuário de Fátima podem contar com celebrantes, convidados e funcionários, que têm de manter uma distância de dois metros.

O Governo considera que se forem cumpridos os termos fixados no despacho, a saúde pública será "adequadamente garantida".

Segundo o governante, entre a tarde do dia 12 e o fim da manhã do dia 13 não será permitido o acesso dos peregrinos a qualquer espaço do santuário.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×