6/3/21
 
 
Pedidos de apoio disparam nas associações

Pedidos de apoio disparam nas associações

Ana Teresa Banha 30/04/2020 09:15

Desde que a rede de emergência alimentar foi criada pelo Banco Alimentar, a associação já recebeu 58 mil pedidos de apoio de todo o país. Antes da pandemia, a associação recebia 30 novos pedidos por mês. Também a Comunidade Vida e Paz registou um aumento na distribuição de ceias.

Esta semana, têm vindo a ser confecionadas, em algumas escolas da Amadora, cerca de 450 refeições por dia, destinadas aos alunos com mais necessidades. Para além destas refeições, que são distribuídas em 9 dos 12 agrupamentos do concelho, a Câmara Municipal da Amadora tem vindo a encarregar-se da entrega de cerca de 115 refeições a seniores e apoiado 40 pessoas em situação sem-abrigo.

Não só as autarquias - que têm contado com o apoio do Exército na distribuição de refeições a pessoas carenciadas -, mas também as associações de solidariedade têm vindo a reajustar a forma como trabalharam, devido ao estado de emergência, que provocou uma diminuição nos rendimentos dos portugueses. Ao i, Isabel Jonet explica que desde que o Banco Alimentar começou a sinalizar os casos através de um questionário a associação recebeu 12.060 pedidos, que se traduzem “em cerca de 58 mil pessoas”. “Antes da pandemia recebíamos 30 pedidos por mês”, adianta a presidente do Banco Alimentar, acrescentando que a associação, durante o estado de emergência, está a sinalizar novos pedidos através de um questionário disponível no site.

Leia o artigo na íntegra na edição impressa do jornal i. Agora também pode receber o i em sua casa ou subscrever a nossa assinatura digital.

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×