26/1/21
 
 
Holanda. O roubo do quadro de Van Gogh foi filmado

Holanda. O roubo do quadro de Van Gogh foi filmado

Mariana Madrinha 28/04/2020 22:18

A polícia holandesa divulgou parte das imagens do roubo da obra de Van Gogh do museu Singer Laren, que se deu já durante a quarentena. Autoridades esperam obter mais pistas.

As autoridades holandesas divulgaram as imagens de segurança da noite em que o quadro “O Jardim do Presbitério de Neunen com Figura Feminina”, de Van Gogh (1884), foi roubado do museu de Singer Laren, perto de Amesterdão. 
O roubo, que aconteceu na madrugada de 29 para 30 de março (pelas 3h15), foi efetuado por um homem que chegou sozinho num veículo motorizado ao museu, disseram ainda as autoridades, que esperam que as imagens gravadas pelas câmaras de vigilância do museu possam trazer mais pistas sobre o assalto.

 O vídeo divulgado, que mostra apenas parte do assalto, foi emitido durante o programa criminal Opsporing Verzocht. Depois de chegar ao museu, o homem partiu as portas de vidro reforçado com uma marreta e deixou pouco depois o local do crime, levando o quadro avaliado entre um e seis milhões de euros debaixo do braço direito. 

“Parece que puseram um alvo muito deliberado nesta pintura de Van Gogh”, disse no mesmo programa Maren Wonder, porta voz da polícia.

O museu fechou a 13 de março, devido ao surto de coronavírus, e a polícia entrou em contacto com as pessoas que visitaram o museu nos dias imediatamente anteriores ao encerramento, com a esperança de encontrar novas pistas. 
E foi também essa o repto que Maren Wonder deixou no programa. 

“As pessoas podem ajudar caso se apercebam agora de que outros visitantes estavam a agir de forma suspeita”, disse, pedindo que sejam partilhadas todas as fotografias e vídeos dessa altura com as autoridades, para estes possam ser analisados e identificados quaisquer indícios suspeitos.

Até agora, a polícia já recebeu 56 pistas consideradas válidas vindas do público, escreve a Art News, mas ainda não foi feita nenhuma detenção.

Numa reação à divulgação do vídeo, Evert van Os, diretor do museu, disse entretanto à Associated Press que as pessoas não devem retirar conclusões precipitadas relativamente às imagens agora divulgadas. 

“O ladrão arrombou várias portas e passou por uma série de camadas de segurança”, garantiu, antes de sublinhar que tinha sido mostrada apenas uma pequena parte do roubo. 

“As imagens divulgadas não permitem, portanto, tirar conclusões quanto à qualidade da segurança na Singer Laren”, avisou.

 “O Jardim do Presbitério de Neunen com Figura Feminina” era a única pintura da autoria do mestre holandês que se encontrava no museu, mas não fazia parte do acervo do Singer Laren. O quadro pertence ao Museu Groninger, de Groningen – sendo também o único Van Gogh – e tinha sido emprestado no âmbito da exposição Mirror of the Soul. Toorop tot Mondriaan, que abriu portas a 14 de janeiro e duraria até 10 de maio.

Após o roubo, Andreas Blühm, diretor do Museu Groninger, mostrou-se em choque, mas não deixou de dar um voto de confiança ao Singer Laren, dizendo que o museu seguia todos os protocolos e que, no futuro, a cooperação entre ambos os equipamentos culturais não seria posta em causa. 

“Não nos vamos deixar levar por isto”, garantiu o diretor do Museu Groninger. “É o roubo de uma obra que pertence a todos”, concluiu.

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×