15/1/21
 
 
Prisões em El Salvador: Covid-19 não impede aplicação de medidas radicais

Prisões em El Salvador: Covid-19 não impede aplicação de medidas radicais

jornal i 28/04/2020 16:54

 Como se pode ver nas imagens, os reclusos não conseguem cumprir com o distanciamento social.

Nas prisões em El Salvador, a criminalidade aumentou depois do aparecimento da covid-19. No último fim de semana, foram assassinadas mais de 50 pessoas em instituições prisionais.

O presidente do país, Nayib Bukele, denunciou a situação e já tomou medidas para tentar combater o crime e diminuir o número de vítimas de homicídio. Muitas delas, consideradas extremas. Os presos foram retirados das suas celas, utilizando apenas roupa interior e colocados no pátio durante horas, até que os guardas revistassem todas as celas e garantissem que não existem armas ou meios de comunicação, como telemóveis, para garantir que não existe contacto com o exterior. Em El Salvador, muitas das prisões estão completamente cheias, o que torna difícil com que sejam cumpridas as medidas de segurança estabelecidas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) no combate à propagação do novo coronavírus. Como se pode ver nas imagens, os reclusos não conseguem cumprir com o distanciamento social.

Outra das medidas, tomada pelo diretor-geral das Prisões, Osiris Luna, passa por selar as portas das celas com barras metálicas em sete estabelecimentos prisionais do país, durante tempo "indefinido"."Não vai entrar nem um raio de sol em nenhuma das celas" e os detidos "não poderão ter nenhum tipo de comunicação", garantiu, em conferência de imprensa.

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×