28/11/20
 
 
Marta F. Reis 23/04/2020
Marta F. Reis
Sociedade

marta.reis@ionline.pt

Quando é que foi obrigatório o uso de máscaras?

Tem sido um pouco incompreensível o nível a que chegou a polémica em torno das celebrações do 25 de Abril quando bastava a AR ter procurado desde o início um parecer das autoridades de saúde sobre os melhores moldes para a sessão solene e seguir as orientações – de resto, como tinha feito até aqui.

Tem sido um pouco incompreensível o nível a que chegou a polémica em torno das celebrações do 25 de Abril quando bastava a AR ter procurado desde o início um parecer das autoridades de saúde sobre os melhores moldes para a sessão solene e seguir as orientações – de resto, como tinha feito até aqui. Agora que o formato parece estar consensualizado e que já se percebeu que existia um limite para o número de participantes e convidados, percebe-se ainda menos o tom das declarações dos últimos dias de Eduardo Ferro Rodrigues que, em vez de serenar os ânimos, persiste em alimentar a ideia de que tudo se resume a um ataque às comemorações. A última irritação foram as perguntas sobre as máscaras e se serão usadas na sessão solene. A DGS não o recomendou e não serão usadas. Teria bastado dizer isto. A pergunta é assim tão disparatada como fazem entender as respostas, do “então nós íamos mascarados para o 25 de Abril” ao “alguma vez foi obrigatório o uso de máscaras aqui na AR?” 

Leia o editoral desta quinta-feira na edição impressa do i. Já pode receber o i em sua casa. Saiba como aqui.


Especiais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×