24/9/20
 
 
Ensino à distância. PJ identifica homem que entrou em plataformas online

Ensino à distância. PJ identifica homem que entrou em plataformas online

Jornal i 19/04/2020 14:26

Suspeito tem 20 anos.

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou, este domingo, que  procedeu à identificação de um homem de 20 anos de idade, que entrou plataformas online de ensino à distância na passada semana, através do uso indevido de credenciais de acesso, com o único propósito de perturbar o seu normal funcionamento, atos praticados esta semana.

“Esta ocorrência, rapidamente comunicada pelo Ministério da Educação, permitiu vir a identificar e localizar o autor de tais factos, indivíduo este que não fazia parte das turmas, cujas aulas foram interrompidas, assumindo que o seu comportamento foi indevido e por isso se disponibilizou a apagar todos aqueles conteúdos que foram publicitados na Internet”, lembra a PJ.

"Por livre iniciativa procedeu igualmente à eliminação de todas as suas contas em redes sociais, que estiveram na base desta atividade ilícita e pelas quais poderá vir a ser responsabilizado penal e civilmente", acrescentou a PJ.

Recorde-se que na sexta-feira, a Federação Nacional de Professores (Fenprof) anunciou que iria fazer queixa à Procuradoria-Geral da República após a intrusão de terceiros em plataformas online de ensino à distância e utilização indevida de dados pessoais, códigos de acesso, fotografias e vídeos de alunos e professores.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×