5/6/20
 
 
Yazalde. Quando Chirola, o leão-furacão, sacudiu ferozmente a sua juba

Yazalde. Quando Chirola, o leão-furacão, sacudiu ferozmente a sua juba

DR Afonso De Melo 08/04/2020 14:54

Nascido em Villa Fiorito, bairro modesto de Buenos Aires, em 1946, Héctor Casimiro Yazalde tornou-se o melhor marcador de sempre de um campeonato português, em 1973-74, com 46 golos. Só ao Oriental, no total, foram nove! Ninguém mais repetiu um feito igual!!! Morreu aos 51 anos, traído pelo coração.

A equipa do Sporting esperava por Yazalde, e Mário Lino, o treinador, com mais ânsia do que todos. Na época anterior, a segunda do argentino em Alvalade (havia que somar-lhe três meses em que viera para aquecer), marcara 19 golos em 29 jogos para o campeonato, mas todos esperavam mais do seu avançado-furacão. Só que decidira casar-se com a atriz portuguesa Carmizé e as férias de 1973 alongaram-se. Chegaria mais do que a tempo.

O Sporting foi a Estrasburgo no início de agosto perder com o Estrasburgo (1-2) num amigável e, logo aí, o homem marcou um golo, em voo, de cabeça. Seria o primeiro dessa época inesgotável deles. No dia 9 de setembro – domingo, pois então! – começou o campeonato.

Leia o artígo na íntegra na edição impressa do jornal i. Pode receber o jornal i em sua casa. Saiba como aqui. 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×