5/6/20
 
 
Noruega diz ter a covid-19 "sob controlo"

Noruega diz ter a covid-19 "sob controlo"

AFP Jornal i 06/04/2020 21:21

As autoridades norueguesas asseguram que as medidas de isolamento social diminuíram a média de pessoas infetadas por casa portador do vírus para 0,7.

O ministro da Saúde norueguês, Bent Hoie, assegurou hoje que o país tem o seu surto de covid-19 "sob controlo", após a média de pessoas infetadas por cada portador do novo coronavírus cair para 0,7 - sinal que as medidas de isolamento social estão a funcionar. "Antes de implementarmos duras restrições, cada pessoa contaminada na Noruega contaminou 2,5 indivíduos, em média", explicou Hoie. "Se fosse permitido isto continuar, provavelmente estariamos na mesma situação que outros países na Europa", considerou o ministro. A Noruega já tem 76 mortos devido à covid-19 e 5763 casos registados, apenas 76 dos quais registados hoje.

Face a estes resultados, o Governo norueguês anunciou que na quarta-feira vai decidir se as medidas se mantêm após meados de abril. Há três semanas que estão encerradas várias instituições publicas e privadas, como escolas e jardins-de-infância, mas as autoridades locais da capital, Oslo, e da cidade de Trondheim já avisaram que não estarão prontas para as reabrir até meados ao prazo discutido pelo Governo.

Entretanto, ali ao lado, na Dinamarca, onde já há mais de 4 mil infeções registadas e mais de 180 mortes, a primeira-ministra dinamarquesa, Mette Frederiksen, também sonha com uma “abertura gradual” do país.

“Se os dinamarqueses prosseguirem unidos nas próximas semanas e mantendo o distanciamento, se os números permanecerem estáveis e razoáveis, o Governo iniciará uma abertura gradual e controlada da nossa sociedade após a Semana Santa”, prometeu Frederiksen esta segunda-feira - quando o seu país registou mais 312 casos de covid-19.

“Noutros países vemos soldados a transportar cadáveres em camiões, pavilhões convertidos em morgues. Há pessoas que morrem nas suas camas e apenas as encontram passado algum tempo. Tudo isso acontece na Europa, mas a Dinamarca não caminha nessa direção”, assegurou a primeira-ministra dinamarquesa.

 

 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×