5/6/20
 
 
Covid-19. “A situação que se vive no Alentejo é dramática”

Covid-19. “A situação que se vive no Alentejo é dramática”

Facebook José Raúl dos Santos Luís Claro 06/04/2020 19:44

Raúl dos Santos, provedor da Santa Casa de Ourique e ex-deputado, escreveu uma carta ao Presidente da República a denunciar a falta de material de proteção.

O provedor da Santa Casa da Misericórdia de Ourique e ex-autarca do PSD José Raúl dos Santos escreveu uma carta aberta ao Presidente da República a denunciar a falta de material de proteção para prevenir a propagação do coronavírus.

“A situação que se vive em Ourique e muitos outros pontos do Alentejo é dramática”, escreve o ex-autarca do PSD. Raúl dos Santos alerta que falta material de proteção e testes para prevenir a situação de mais de 300 idosos que reside nos lares da instituição e dezenas de funcionários.

“Decorrido quase um mês sobre os alertas referentes à pandemia que nos assola, a Santa Casa da Misericórdia de Ourique não recebeu uma única máscara, um simples par de luvas, um singelo frasco de álcool gel, já para não falar de um único indispensável fato de proteção, vivendo, ou melhor, sobrevivendo, assim daquilo que se pode chamar caridade alheia, de solidariedade de alguns que não olham a ‘fronteiras’, sejam elas quais forem, para prestar algum do muito apoio que precisamos”, escreve o provedor da Santa Casa de Ourique.

Na carta, o ex-deputado do PSD demonstra estranheza por ver todos os dias na televisão “aviões a desembarcar nos aeroportos portugueses carregados de material de proteção” enquanto a região do Alentejo continua sem ter acesso a máscaras, luvas ou desinfetantes.

Ao i, Raul dos Santos começa por alertar que “a situação que se vive no Alentejo é dramática”. O provedor da Santa Casa da Misericórdia de Ourique garante que não recebeu ainda qualquer apoio. “A única coisa que recebemos constantemente e a todo o momento é papelada.  Todos vimos chegar aviões com material, mas a nós não chegou nada. Nem sequer os testes. Não podemos pensar só em Lisboa e no Porto. Não temos culpa de as pessoas serem idosas”, diz o ex-deputado social-democrata, que está há trinta anos à frente da Santa Casa de Ourique.

 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×